terça-feira, 31 de março de 2009

Onde é que isto vai parar??


Imagem retirada da net

Ontem à tarde, andava eu na minha vida quando toca a campaínha. Abri a porta e do outro lado estava uma senhora em completo desespero. A senhora tinha na mão uma receita médica com medicamentos para a sua filha que está doente com problemas de estômago. A senhora explicou-me que se encontra separada do marido e desempregada à três meses e que não consegue arranjar trabalho de maneira nenhuma e como, obviamente, se encontra sem dinheiro viu-se obrigada a andar de porta em porta a pedir ajuda para conseguir aviar a receita.
Eu sinto-me triste, sinceramente, porque infelizmente eu não pude ajudar a senhora, visto que me encontro numa situação semelhante. Graças a Deus ainda não preciso de andar a pedir ajuda de porta em porta, porque tenho uma mãe, um padrasto, um irmão e uma cunhada que tudo têm feito para me ajudar. Aquela senhora não tinha ninguém, e tinha uma filha a sofrer...
Eu fui ver na minha carteira e não tinha mais que umas moedas, que ela aceitou com muita alegria porque já era uma ajuda!
Eu pergunto-me onde é que isto vai parar? E porque é que não se vê ninguêm a tomar medidas em relação a este problema que já começa a afectar muito boa gente??!!!
É triste vivermos num país assim, que só se preocupa com aquilo que não deve!!!
Desculpem, mas eu tinha mesmo de desabafar... Print Friendly and PDF

13 comentários:

Bella disse...

Olá amiga

Pois é, não dá para ficar dependendo do governo. Existe um plano a nível mundial a ser colocado em prática há mais de 3o0 anos que pretende colocar o poder nas mãos de meia dúzia. Por isso quiseram contra a vontade do povo fazer a porcaria da UE onde os países como Portugal perderam a soberania. Os nossos governantes não passam de marionetas nas mãos de Bruxelas.

Olha o escudo: tinha o padrão do ouro, i.e., o ouro cobria o escudo. O mesmo não acontece com o euro, e por isso esses malditos quiseram acabar com o escudo.

Enfim, só Deus mesmo amiga. Vou orar por ti... não sabia que estavas a passar dificuldades.

Bjs e desculpa

Nana disse...

Não é só ai querida, infelizmente aqui não dá para acreditar se são pessoas realmente necessitada ou que estão te enganando. Já que ser pedinte virou um comércio e eles ganham mais de 300 reais por dia.O nosso governo pede para não dar, já que tem remédios de graça aqui.
Uma vez, um senhor mostrando a sonda eu dei 1 real, logo ele foi para um bar e pediu um copo de pinga.
Isso me irritou profundamente, hj eu dou comida se tiver com fome, caso contrário, desculpa.
bjs

tina disse...

Amiga... diariamente me aparecem pedintes na minha loja...uns a venderem pensos rápidos, outros c/fotos de crianças que dizem estar doentes e a precisar de medicamentos... enfim eu fico sempre incomodada e muito me custa dizer que não dou...
Então já á uns tempos a esta parte passei a fazer assim: não dou dinheiro a ninguém, precisamente pelas razoes que a Nana disse, pois já vi e assisti a cenas desse tipo. Quando posso,pergunto-lhes se têm fome, e se tiverem levo-os a uma padaria/café que tenho aqui ao lado e dou-lhes uma sandes e um copo de leite.
Dinheiro não dou.
Mas que incomoda.... é verdade que sim!
Força amiga!!!
bjinhos

Piteca disse...

Bella- Amiga não tens de pedir desculpa! E eu não estou própriamente a passar dificuldades, porque tenho uma familia que me ajuda, mas se não fossem eles provavelmente estaria! Já estou sem trabalho à bastante tempo e o ordenado do meu homem não chega para as despezas...enfim! E eu não tenho filhos, imagina se tivesse! Nem quero pensar nisso! Eu consigo imaginar o desespero daquela senhora que infelizmente já não ha-de ser a única!
Beijinhos e obrigada pelo teu carinho!

Nana- Compreendo o teu ponto de vista amiga, também já me aconteceu algumas vezes pessoas mostrarem-me receitas falsas, para depois irem comprar droga, outras também a venderem pensos e outras a fingirem que estão a trabalhar para ajudar associações. Também já se vê bastante por aqui, mas eu fiz questão de vêr a receita que a senhora tinha e realmente eram medicamentos para o estômago, a receita tinha sido passada no dia 23 deste mês e estava assinada por um médico!A senhora também não tinha aspecto de drogada nem nada e eu também fiz questão de saber qual era o problema da menina e tudo! Não me pareceu ser falso, mas claro uma pessoa nunca tem 100% de certezas! Seja como for, da maneira como as coisas estão não acho impossivel que seja verdade e acho também que cada vez hão-de aparecer mais pessoas na mesma situação, mas isso sem dúvida!
Beijinhos e obrigada!

Tina- Sim amiga, também concordo contigo, mas é como disse à Nana, não acho que seja impossivel que muitas das situações possam ser reais...nós é que já somos tão enganados, que chegamos a um ponto e já não acreditamos em ninguém...
Mas da maneira como as coisas estão eu já não digo nada! Eu também falo porque vejo a minha situação não é? Não está nada fácil! Eu imagino-me a bater à porta de alguém a pedir ajuda e essa pessoa não acreditar em mim, eu não sei o que fazia entendes? É desesperante! Graças à minha família isso não acontece, mas podia acontecer...pode acontecer a qualquer um!
Beijocas e obrigada.

Doces & Cia disse...

A isso se chama o estado das coisas! Infelizmente cada vez mais existem pessoas em pobreza extrema, e que a escondem.
Essa senhora não teve outra hipótese senão ir de porta em porta, eu na mesma situação faria o mesmo, pelos filhos tudo. Estou desempregada vai fazer um ano em Abril e estou farta de responder a anúncios, centenas mesmo, para qualquer coisa e até agora nada, não tenho subsidio de desemprego e, estou a sobreviver da indemnização, mas o dinheiro não estica.
Pergunto eu: enquanto andam por ai a por wireless em aldeias que precisam de saneamento, enquanto os politicos andam a fazer corrupção por exemplo no caso freeport, estão se a borrifar para aqueles que pagam os impostos e muitas x sem poder. É revoltante. Desculpa o testamento!

Bjcs grandes!

Nela disse...

Pitequinha, em primeiro embora atrasados muitos parabéna ao teu irmão, que tenha muita saude, e tu que vejas, segundo desculpa mas tenho andado com muita falta de tempo, só vi ao compt, para dar os parabéns ás meninas, mas já estou despachada e logo já ponho qualquer coisa, E tens razão amiga, onde é que isto vai parar??? á pessoas a irem viver para casa de familía pq já não podem pagar as casa, mas é mesmo assim o "que é de mais" passa o limite e as pessoas estão todas mesmo com trabalho com um pé dentro outro fora amiga, faz-me muita confusão, já vi tirarem comer do contentor, e começei a chorar e voltei a casa para dar um pouco de pão...é muito triste, e os medicamentos são tão caros! eu sei pq infelizmente tenho que comprar alguns,sabes a Bella tem razão desde que entramos para a porcaria da união europeia, enterramo-nos cada x mais, e os culpados estão no bem bom, sem quererem saber de nós para nada.
È triste acordarmos e irmos para o emprego, e nem saber se ainda o temos, casais desempregados, é muito mau.Já me têm vindo pedir mercearias, e um dia deste uma velhota veio pedir uma ajuda para comprar uma botija de gás, por vezes é verdade, mas sabes que já ajudei um que me disse que a mãe estava no hospital muito doente, precisava de eur, para passagens que depois me dava embora me conheça só de vista, e qual é o meu espanto quando vi a senhora na paragem da camionete!!! perguntei se estava melhor se já tinha saído do hospital, a senhora disse-me que estava bem de saude e que não esteve internada, claro tive que contar o porquê, mas quero eu dizer que por x paga o justo pelo pecador.Amiga tudo me faz dó, as noticías os casos que sabemos e ouvimos, e o mais engraçado de tudo, é que è Sempre o Pobre a Ajudar Os Mais pobres Ainda... Querida desculpa ter escrito tanto, mas fica tanto por dizer nestes casos...beijinhos boa semana.

Piteca disse...

Doces e cia- Amiga como eu te compreendo! É realmente triste a situação em que estamos! É que antes quando conseguíamos trabalho tínhamos pelo menos 6 meses garantidos que nos davam direito ao fundo de desemprego, o que já não era mau! Agora nem isso temos, o ultimo trabalho onde estive tinha de assinar contratos de 15 em 15 dias, depois de 1 mês e meio mandaram- me embora, a mim e a todas as que entraram comigo. É rotativo, entram umas saem outras e sem direito a nada. Para mim isto devia de ser proíbido porque nós assim nunca temos garantias, andamos sempre com medo! Não é por acaso que agora quase ninguém sai de casa dos pais! Simplesmente não dá! É triste!
Beijinhos e obrigada.

Nela- É verdade amiga é que está tudo caríssimo, os ordenados ( para quem os tem) são sempre os mesmos e não há ajudas para nada!! Eu também tenho problemas graves de saúde e também gasto um dinheirão em medicamentos e sei bem o que é! Eu não entendo é, como é que os nossos governantes vêm o nosso país a afundar-se cada vez mais e ninguém é capaz de fazer nada por isto!! Só sabem fazer leis de m...que só vieram piorar a questão dos empregos!!! Parece que agora já nem é preciso ter-se justa causa para despedir uma pessoa que esteja efectiva!! Isto para mim não é nada!! É andarem a brincar com a vida das pessoas!! Mas é como tu dizes amiga, tiram aos pobres para dar aos mais pobres ainda e os ricos só querem é ter dinheiro dentro dos bolsos e os outros que se lixem!! Infelizmente é assim mesmo!!
Beijocas e obrigada!

Amanda Ramos disse...

Perguntas sem respostas não é??
eu ja desisti de me perguntar estas coisas, pois nunca encontro uma explicação....é triste!

Saltapocinhas disse...

eu desconfio sempre dessas situações pois sei que a segurança social paga medicamentos a quem não os pode pagar...

mas essas situações podiam ser resolvidas ou pelo menos colmatadas se pudéssemos fazer uma coisa que não sei porque não é permitida: dar os nossos restos de medicamentos nos centros de saude para serem distribuídos por quem deles necessitar!
às vezes temos embalagens praticamente inteiras e temos de as deitar ao lixo!!

Luciana disse...

Acho que a situação não está fácil em nenhum lugar, é triste. Aqui ainda tem o problema de pessoas que inventam tal situação para tirar dinheiro, e são tantos casos que ficamos na dúvida se é verdade ou não.
Que Deus te abençõe e a sua família.
Bjos, Lú.

nanda disse...

Infelizmente agora cada vez mais acontecem essas coisas.Como eu sei disso, desempregada a longo termo e com filhas tive a sorte de ter uma mãe que de vez em quando me ajudava, e cheguei a ter até ajuda do vizinho, em comida..era uma agonia e uma imensa tristeza para mim.Mas agora graças a Deus, que as coisas estão melhores, larguei tudo e estou no Uk com a minha mais nova, tenho emprego,e casa.Esse relato toca-me, porque senão fosse ter tido ajuda se calhar tinha-me visto forçada ao mesmo..É muito triste o país que temos, não ajuda.Claro que no meio da tristeza alheia à sempre alguém que se aproveita, mas isso é como tudo, à pessoas boas e más..
Desejo-lhe felicidades e decerto que melhores tempos virão.Beijinhos.

Ana Powell disse...

Olá amiga
Espero de todo o coração que a tua situação melhore. Eu sei que é dificil acreditar, mas tem fé, nunca percas a fé.
É realmente muito triste e este tipo de noticias deixam-me extramente abalada.
Eu sou do Algarve, e quando lá estamos damos sempre um saltinho ao Centro Comercial Forum do Algarve, aconteceu que estavam lá 2 miuditos a pedir porque diziam que tinham fome e nós demos cerca de 3Euros cada um para irem ao balcão das sopas. Demos-lhe o dinheiro, os miuditos colocaram-se na fila, demos as costas para nos sentarmos e eles piraram-se imediatamente. Claro com isto não quero dizer que todas as situações sejam iguais, pois Deus sabe que há muito miséria por este mundo e cada vez há mais diferença entre classes.
De coração espero que a tua situação melhore urgentemente.
Beijinhos

Piteca disse...

Amanda Ramos- É verdade amiga! Infelizmente é assim mesmo!
Beijinhos e obrigada.

Saltapocinhas- Amiga não precisas de as deitar ao lixo, nem convém sequer, podes entrega-las nas farmácias, eles aceitam. :)
Beijoquitas e obrigada.

Luciana- É verdade amiga, e por isso pagam uns por causa de outros! É triste mesmo!
Beijinhos linda e obrigada.

Nanda- Olá querida! Essa situação é muito má mesmo, infelizmente eu sei porque estou a passar por ela, se não fosse principalmente a minha mãe a ajudar-me eu não sei como estariam as coisas agora, mas boas não estavam isso de certeza! Mas pronto temos de nos ir aguentando, até alguém resolver fazer alguma coisa por isto, não sei quando!
Beijinhos doces e muito obrigada!

Ana- Sim, infelizmente isso acontece muito, muitas dessas crianças, coitadas andam a pedir para alimentar os vícios dos pais, seja de bebidas ou drogas ou o que for, e coitadas de muitas se chegam a casa sem nada! Eu tenho muita pena mesmo, é muito triste! Eles coitaditos se calhar até comiam a sopita com muito gosto, mas depois chegavam a casa de mãos vazias e levavam dos pais...enfim! Vá-se lá compreender este mundo!
Beijinhos carinhosos e muito obrigada!

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;