quarta-feira, 27 de junho de 2018 1 comentários

Tarte de bacalhau à Piteca

Esta receita saiu-me assim de improviso para responder ao desafio da caixa mistério que está a decorrer no Cantinho das Cozinheiras. Desta vez os ingredientes escolhidos foram Bacalhau, Alho francês e Queijo. Neste desafio temos de utilizar pelo menos dois dos ingredientes escolhidos mas eu decidi utilizá-los todos pois acho que assim tem mais piada, embora confesse que não foi nada fácil!😀
Aqui fica então a receita e, deixem que vos diga que, modéstia à parte, ficou uma verdadeira delicia. 😊




















Ingredientes:

1 posta de bacalhau
1 cebola cortada em meias luas
3 dentes de alho picados
1/2 alho francês cortado em rodelas
1 folha de louro
100 ml de azeite
100 ml de polpa de tomate
Batatas às rodelas fritas q.b.
200 g de queijo mozzarella ralado
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparação:

Coza o bacalhau e desfie.
Pré aqueça o forno a 250º C (em cima e em baixo).
Coloque uma frigideira ao lume com o azeite, a cebola, o alho francês, os alhos e o louro, tempere de sal e pimenta e deixe refogar até que a cebola fique dourada. 



Adicione depois a polpa de tomate e o bacalhau desfiado e deixe cozinhar um pouco misturando tudo muito bem. Retire do lume e reserve.



Unte uma tarteira de fundo removível e coloque uma camada de batatas fritas no fundo e em toda a lateral da forma. 



Polvilhe com queijo e coloque por cima outra camada de batatas, de forma a que o fundo e as laterais fiquem todos tapados. Nas laterais tenha o cuidado de colocar também queijo entre as camadas de batatas para que colem umas nas outras. 



Leve ao forno para que o queijo derreta e as batatas fiquem douradas. Retire do forno e desligue a parte de baixo do forno.



Deite o recheio de bacalhau na forma, tendo o cuidado de retirar o louro e polvilhe com o restante queijo ralado.




Leve novamente ao forno até que fique dourado.



Retire, deixe arrefecer um pouco e desenforme. Enfeite com salsa picada a gosto.
Sirva de seguida.



Bom apetite e bom fim de semana.

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 25 de junho de 2018 0 comentários

Vulcão de Pavlova - A cozinhar com...

E esta foi a segunda receita que fiz para este passatempo, a tal que já tinha guardada eh eh.  A receita da Ana podem ver aqui
Fiz este doce também para uma festa de aniversário e devo dizer que me surpreendeu bastante, fi-lo perfeitamente convencida de que todos (eu incluida) iriam achar muito enjoativa, mas não. Ficou uma maravilha, aliás, eu fiquei completamente rendida não só por ser deliciosa, mas porque me saiu bem, ao contrário do que eu estava à espera! 😆 Eu e tudo o que sejam doces à base de claras batidas não nos entendemos muito bem... 😋
Só vos digo que muito pouco sobrou para contar a história... 😁





Ingredientes:

9 claras
250 g de açúcar em pó
1colher de sopa de amido de milho
1colher de chá de vinagre

Cobertura: 

250 gr de iogurte grego natural ligeiro adoçado com açúcar em pó (coloquei uma colher de sopa de mel)

Molho de morangos: levo a ferver 5 ou 6 morangos partidos e bem maduros com 1 colher de açúcar. Deixo que se desfaçam mexendo sempre e retiro do lume para arrefecer. Este processo é rápido!

Framboesas (usei amoras que era o que tinha)
Açúcar em pó 

Modo de preparação:

Vou precisar de 1 folha de papel vegetal com círculo desenhado -cerca de 20cm.

Bato as claras em castelo em velocidade alta. Quando começam a ficar firmes junto aos poucos o açúcar, mas sem deixar de bater. Adiciono o amido e o vinagre e bate durante uns minutos até se apresentar um merengue firme e brilhante. Coloco a folha de papel vegetal com a parte riscada para baixo no tabuleiro de forno e preencho o círculo com o merengue. Aliso as paredes, tentando que fiquem altas e deixo o centro bastante mais baixo, para parecer um vulcão. 



Com um garfo faço riscos a toda a volta e vai a cozer em forno pré aquecido a 150°C durante 15 minutos. Após este tempo baixo para 140°C e deixo que coza durante 1.30 h. Desligo o forno e mantenho a minha linda e deliciosa Pavlova no forno até arrefecer por completo. Por norma faço à noite e deixo-a dormir no forno até ser dia! (Eu deixei no forno 1h com a porta do forno entreaberta depois retirei e deixei arrefecer completamente.)
Coloco a Pavlova num prato de servir retirando com muito cuidado o papel vegetal. Se for arriscado, corto bem rente à volta. 



No centro do "vulcão" coloco com cuidado o creme de iogurte. Por cima salpico com o molho de morangos e decoro com framboesas (usei amoras) e açúcar em pó.




Clique na imagem para ver o desafio

Ana, minha querida, espero que tenhas gostado das minhas participações, foram super aprovadas por todos aqui e já tenho mais umas coisinhas em vista para fazer também, eh eh, mas isso será para uma outra altura! 😉
Beijinhos grandes para ti.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
1 comentários

Tarte de doce de leite com queijo quark - A cozinhar com...

É impressão minha ou os meses estão a passar a correr?? Ainda ontem era Natal... 😄
Pois é, mais um dia 25 que chegou e este mês a feliz contemplada foi a bela e maravilhosa Ana Rama com o seu delicioso cantinho CakeDiction. Confesso, não foi fácil... a vontade era mesmo fazer tudo, mas, bem, não podia ser né? Escolhi duas receitinhas (na verdade uma já a tinha guardada para fazer 😋) esta e uma outra que mais logo já postarei! 
Ficou uma verdadeira maravilha esta tarte, foi feita para a festa de aniversário da minha sogra e foi muito apreciada por todos! Será com certeza repetida. 
Amiga Ana, como já te disse, tu dás cabo de mim!! 😆
Aqui fica então a receita:




Ingredientes:

1 pacote de bolacha Maria triturada ( reservo 2 colheres de sopa)
Manteiga derretida q.b. (devo ter colocado à volta de 50 g)
Sumo de meio limão
1 lata de leite condensado cozido
200 g de queijo Quark ( ou ricota)
1 embalagem de natas frescas
4 folhas de gelatina incolor

Modo de preparação:

Faço uma pasta com a bolacha triturada, manteiga e sumo de limão e forro uma tarteira (coloquei numa forma de semifrio) com esta pasta, pressionando bem. Reservo no frigorífico. Hidrato as folhas de gelatina em água fria.
Bato as natas ( que devem estar bem frescas) até ficarem firmes e reservo.
Utilizo a batedeira e misturo bem o leite condensado e o queijo até se apresentar um creme liso. Espremo as folhas de gelatina, junto 2 colheres deste creme e levo ao microondas durante uns segundos para derreterem e junto ao creme em fio, mexendo bem. Adiciono as natas, envolvo e coloco na tarteira por cima da placa de bolacha. Reservo no frigorífico durante algumas horas e um pouco antes de servir salpico a bolacha reservada por cima. 



Clique na imagem para ver o desafio

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
sexta-feira, 22 de junho de 2018 0 comentários

Massa com carne picada

Aqui por casa gostamos sempre de experimentar coisas novas, umas vezes corre muito bem, outras nem por isso, ou seja umas vezes gostamos e repetimos, outras não. Não quer dizer que não possa ser bom, apenas não para o nosso palato. Foi o caso deste prato que vi aqui, resolvi fazer por ser diferente do que estamos habituados, mas chegámos à conclusão de que é demasiado temperado para os nossos gostos. Parece que nunca seremos grandes fãs de comidas Indianas! 😋
Mas resolvi postar a receita na mesma, pois para quem aprecia este tipo de pratos, acredito que vá gostar. 😊





Ingredientes:

200 g de macarrão ou outra a gosto
1 copo de água
5 colheres (sopa) de óleo
300 g de carne picada
1/2 colher (sopa) de malagueta em pó
1 colher (sopa) de pasta de gengibre e alho (usei gengibre ralado)
1 colher (sopa) de garam masala 
1 cebola picada
2 pés de aipo (não coloquei)
1 tomate picado (usei polpa de tomate)
1/2 colher (sopa) de açafrão 
Sal a gosto

Modo de preparação:

Coza o macarrão em água e sal com 2 colheres de óleo. Escorra e reserve.
Numa frigideira ou wok aqueça 3 colheres (sopa) de óleo e cozinhe a cebola com o gengibre por 3 minutos. Adicione o tomate, a malagueta, o açafrão, o garam masala, a carne picada, 1 copo de água, tempere de sal e misture bem. Deixe cozinhar até que a carne fique pronta.
Misture a massa à mistura de carne e acrescente o aipo picado.
Sirva de seguida.



Bom apetite e bom fim de semana! Print Friendly and PDF
segunda-feira, 18 de junho de 2018 2 comentários

Bolo de aniversário da sogrinha

A minha sogra completou na Terça-feira passada 67 anos de idade, mas a festa foi feita neste Sábado que passou e, mais uma vez, fui eu que fiquei encarregue de fazer o bolinho.
Foi a primeira vez que fiz algo do género e até acho que não me saí nada mal... Ela adorou! 😊



Bom apetite e uma boa semana para todos vós.

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 15 de junho de 2018 1 comentários

Surpresa de caramelo

Resolvi fazer esta receita quando a vi na minha revista Mulher Moderna na cozinha nº 73 para um jantar com a família. Foi realmente uma surpresa em dois aspectos, primeiro não consegui que ficasse com o mesmo efeito que estava na foto pois os cremes ficaram demasiado líquidos, mesmo apesar de eu ter juntado mais gelatina que a que vinha mencionada na receita, pois já desconfiava que era pouca quantidade. Para a próxima terei de juntar ainda mais. Segundo e, apesar de tudo, fiquei bastante surpreendida com o resultado, pois fiquei meio desconfiada na junção dos sabores canela e caramelo, pensei mesmo em não a colocar, mas acabei por o fazer, pois já não tive tempo de fazer o que tinha em mente. O resultado foi espectacular, a canela deu-lhe mesmo um toque especial, muito saboroso, adorei e a família também, tanto que não sobrou quase nada para contar a história! 😉




















Ingredientes:

8 folhas de gelatina ( usei 10 que era o que tinha, mas para a próxima coloco mais)
8 dl de natas
1 lata de leite condensado cozido
3 colheres (sopa) de açúcar (usei amarelo)
150 g de bolachas tipo maria
2 dl de leite
Canela em pó e caramelos q.b. (os caramelos não coloquei)

Modo de preparação:

Demolhe quatro (usei 5) folhas de gelatina em água. Bata 4 dl das natas, junte-lhes o leite condensado e mexa até estar tudo bem ligado. Coloque um pouco numa tigela e reserve o restante. Escorra as folhas de gelatina e derreta-as em banho maria (fiz no microondas). Adicione-as ao preparado reservado na tigela e mexa. Envolva com o restante preparado e mexa, até estar tudo bem misturado (eu aqui misturei logo a gelatina ao preparado todo).
Demolhe as restantes folhas de gelatina em água fria. Escorra-as e derreta-as em banho maria (usei o microondas). Bata bem as restantes natas, junte o açúcar e bata mais. Acrescente a gelatina derretida e mexa. Coloque um aro redondo de 24 cm sobre um prato (eu fiz mesmo dentro da forma). Passe as bolachas pelo leite e disponha algumas no fundo do aro, formando uma camada.Verta metade do creme de leite condensado por cima e alise. Cubra com outra camada de bolachas demolhada e, por cima, coloque o preparado de natas, alisando.
Volte a fazer outra camada de bolachas e, por fim, disponha o restante creme de leite condensado. 
Alise e leve ao frigorífico para solidificar.
Retire cuidadosamente o aro e decore a delicia com canela e pedaços de caramelos.




Nota: Eu demolhei as bolachas em leite com café açúcarado conforme sugerido depois na receita.
Eu tentei fazer as camadas como mencionado na receita mas, como os cremes estavam muito líquidos acabaram por se misturar uns com os outros, dando-lhe um aspecto meio marmoreado e as bolachas em vez de ficarem direitas ficaram inclinadas, o que até acabou por ficar engraçado também.

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 11 de junho de 2018 1 comentários

Gratinado de carne picada e batata palha

Num destes dias deu-me para inventar, tinha retirado carne picada e não tinha ideia do que fazer... andei a ver receitas pela net mas nada me apeteceu. Acabei por improvisar e isto foi o que saiu. Ficou uma maravilha! 😊




Ingredientes:

500 g de carne de vaca picada
1 cebola
100 ml de óleo
50 g de manteiga
Sal a gosto
Pimenta a gosto
Jindungo a gosto
Salsa picada a gosto
500 ml de molho béchamel
300 g de batata palha
Queijo mozzarella ralado a gosto

Modo de preparação:

Num tacho aqueça o óleo com a manteiga, deite a cebola picada e deixe cozinhar. Acrescente depois a carne e tempere de sal, pimenta e jindungo a gosto. Deixe cozinhar e quando estiver quase pronta adicione a salsa picada. Deixe acabar de cozinhar e reserve.
Num tabuleiro de ir ao forno coloque metade das batatas, por cima coloque a carne e por cima desta metade do molho béchamel. Depois espalhe por cima as restantes batatas, de seguida o restante molho béchamel e por fim polvilhe tudo com bastante queijo ralado.



Leve ao forno a gratinar até que fique lourinho por cima.




Bom apetite! Print Friendly and PDF
sexta-feira, 8 de junho de 2018 0 comentários

Gelado de lima-limão

Com os dias quentes que se vão fazendo sentir já começam a saber bem uns geladinhos. Este eu retirei da revista Mulher Moderna nº72 especial Verão e posso dizer que fica uma verdadeira delícia. Os gelados de limão, para mim, são dos mais refrescantes que há e este, sem dúvida, irá ser repetido!
Deixo então a receita:




Ingredientes:

2 limões grandes
5 folhas de gelatina incolor
1,5 dl de água
65 g de açúcar (pus 30g e usei amarelo)
2 dl de leite condensado
1 lima (raspa)
3 dl natas

Modo de preparação:

Abra os limões ao meio, esprema o sumo e reserve.
Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Ferva a água com o açúcar até este derreter. Junte o sumo de limão e as folhas de gelatina escorridas e mexa até dissolverem. 
Acrescente o leite condensado e a raspa da lima e deixe arrefecer.
Bata as natas e envolva-as no creme já frio. Coloque numa caixa e reserve no congelador de um dia para o outro.
Sirva o gelado em taças ou copos e decore a gosto.



Bom apetite e bom fim de semana! Print Friendly and PDF
segunda-feira, 4 de junho de 2018 1 comentários

Frango da púcara no tacho de pressão

Tinha retirado um frango para o jantar mas não tinha ideia do que deveria de fazer com ele. Foi quando a minha querida Eugénia me deu a ideia de fazer frango na púcara. Mas a ideia era fazer algo rápido pois já era tarde e então ela disse-me que colocasse tudo dentro do tacho e levasse ao lume que ficava muito bom na mesma e não dava tanto trabalho. Gostei da ideia, pedi-lhe a receita, pois nunca tinha feito, e resolvi usar a minha aliada panela de pressão! O resultado foi fantástico, ficou praticamente com o mesmo sabor e num instantinho ficou feito!



Ingredientes:

1 frango caseiro cortado em pedaços
Sal e pimenta a gosto
0,5 dl de vinho branco
1 dl de vinho do Porto
1 cálice de aguardente velha
80 g de manteiga ou margarina
2 dentes de alho
12 cebolinhas pequenas ( usei uma grande cortada em gomos)
150 g de presunto não muito salgado e cortado em dados (não tinha)

Modo de preparação:

Colocar o frango no tacho seguido dos restantes ingredientes. Tapar e levar ao lume por cerca de 40 minutos (depois de começar a rodar o pipo).
Sirva de seguida. Eu servi acompanhado com arroz branco.


Bom apetite! Print Friendly and PDF
sexta-feira, 1 de junho de 2018 1 comentários

Pães com chocolate

Quando fiz esta receita de pão com chouriço da Telma, ela na altura disse-me que costumava fazer também estes pães com chocolate e que ficam uma maravilha. 
A receita dos pães com chouriço passou a ser habitual cá em casa, quase todos os fins de semana os faço. Mas, a ultima vez que os fiz, tinha pouco chourição e não chegou para todos. Lembrei-me do que me disse a Telma e olhei para o chocolate dos ovos da Páscoa que ainda por aqui anda a rebolar e decidi experimentar.
Ficaram tão, mas tão bons que nem sequer chegaram a arrefecer! 😋 Simplesmente maravilhosos! Perfeitos para servirem neste dia aos vossos pequerruchos, afinal o dia hoje é deles! 😉
A receita é exactamente a mesma, apenas troquei o chourição por chocolate, mas deixo na mesma.



Ingredientes:

330 ml de água
500 g de farinha
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (chá) de açúcar
2 colheres (chá) de sal
1 saqueta de fermento em pó ( 7g) ou 25 g de fermento fresco.
Chocolate a gosto

Modo de preparação:

Por a água, o açúcar e o fermento num tacho e levar ao lume brando ate disolver o fermento ( não deixe aquecer muito)
Colocar a água na batedeira com a farinha, sal e o azeite. Bater tudo durante 2 minutos. Deixe descansar 3 minutos e voltar a bater mais 2 minutos.
Retire a massa para a bancada enfarinhada, retire pedaços, estique formando um rectângulo e coloque chocolate a gosto, enrole e molde os pães.
Leve ao forno pré-aquecido a 200 graus durante uns 10-15 minutos.


Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;