segunda-feira, 20 de janeiro de 2020 0 comentários

Carne picada no forno

Mais uma forma diferente de comer carne picada. A receita retirei daqui e, muito embora a tenha feito meio desconfiada por achar que depois se tornaria demasiado seco, fiz na mesma. E ainda bem, porque ficou realmente uma delicia! Não ficou nada seco, pelo contrário, mesmo no dia a seguir estava excelente. Adorei e será para repetir! 😊



Ingredientes:

600 g de carne de vaca picada
900 g de batatas
2 cebolas
3 dentes de alho
1 lata pequena de tomate pelado
1 dl de azeite
5 dl de bechamel
2 colheres (sopa) de pão ralado
1 colher (chá) de orégãos
1 folha de louro
1 raminho de salsa
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Descasque as cebolas e os alhos, pique tudo, deite para um tacho, junte o louro e o azeite, leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola ficar douradinha. Adicione a carne picada e deixe cozinhar mexendo bem até a carne ficar douradinha.
Junte o tomate picado com o molho e os orégãos, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até a carne ficar quase sem molho.
Descasque as batatas, corte-as em cubos, leve-os a fritar em óleo quente até ficarem bem douradinhos, retire e deixe escorrer. Deite a carne cozinhada para um tabuleiro de louça ou pirex, rejeite o louro, espalhe em cima as batatas fritas e regue com o bechamel. Polvilhe com o pão ralado e leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 20 minutos. 


Sirva quente decorado a gosto.



Bom apetite e boa semana.
Print Friendly and PDF
segunda-feira, 13 de janeiro de 2020 1 comentários

Gratin de salsichas

Esta receita é uma das ultimas que fiz ainda o passado para colocar aqui no blog, mas com as festas de fim de ano, acabou por ficar aqui em stand by. A ideia para a fazer veio da Sílvia Maria quando eu pedi lá no cantinho que me dessem ideias para fazer para o jantar. A ideia dela agradou-me logo, por ser simples e rápida,  por isso pus logo mãos à obra! O resultado foi excelente e será com certeza repetido! A Sílvia deu a receita por alto por isso vou colocar aqui a receita como eu a fiz.
Muito obrigada Sílvia pela ajuda preciosa!!😁



Ingredientes:

1 embalagem de salsichas frescas
1 frasco de salsichas grandes tipo bockwurst 
400 ml de natas
Queijo ralado a gosto
Sal a gosto
Noz moscada moída a gosto
Alho em pó a gosto
Batatas ás rodelas não muito grossas q.b.

Modo de preparação:

Tempere as batatas de sal, alho e noz moscada a gosto e espalhe metade no fundo de um tabuleiro.
Corte as salsichas em rodelas e espalhe-as por cima das batatas. Cubra as salsichas com as restantes batatas. Regue tudo com as natas e polvilhe com queijo ralado a gosto.
Leve ao forno pré aquecido a 200º C por cerca de 45 minutos ou até que veja que está cozinhado e dourado.
Sirva de seguida.


Bom apetite e boa semana. Print Friendly and PDF
sexta-feira, 10 de janeiro de 2020 1 comentários

Arroz delicioso

Esta foi uma das sobremesas que fiz para o jantar de fim de ano. A receita vi no desafio do livro que está a decorrer lá no Cantinho e foi a Bruna Rico que a fez. Assim que vi, guardei logo para experimentar. Eu adoro arroz doce bem cremoso e este pareceu-me perfeito! E é, excelente, gostei muito, ainda assim prefiro o belo do arroz doce tradicional bem cremosinho pois como leva o leite, para mim fica mais guloso... 😁
A receita retirei então daqui mas fiz a dobrar pois dá pouca quantidade.



















Ingredientes:

250 g de água 
Sal q.b.
125 g de arroz
62 g de água
125 g de açúcar
5 gemas
Canela em pó q.b.

Modo de preparação:

Levar ao lume 250 g de água com sal, deixar ferver e colocar o arroz. Deixar cozer com o tacho semi-tapado até o arroz estar bem cozido.
Colocar o arroz num passe-vite e triturar (se não tem passe-vite, use outro instrumento que triture... não precisa ficar em papa!). Reserve.
Coloque as 62 g de água num tacho juntamente com o açúcar, leve ao lume e deixe ferver 2 a 3 minutos.
Junte o arroz moído e as gemas batidas. Envolva bem.
Leve de novo ao lume e deixe cozinhar até a misturar engrossar (uns 5 minutos).
Coloque numa travessa de servir, deixe arrefecer e depois polvilhe com canela e sirva.



Bom apetite e bom fim de semana. Print Friendly and PDF
segunda-feira, 6 de janeiro de 2020 0 comentários

Tarte de noz

Mais uma receita que fiz para a mesa de Natal e esta ficou tão boa que tive de a fazer novamente para a passagem de ano... Uma maravilha!!!
A receita retirei do livro O grande livro de Pastelaria, a original leva noz pecã mas eu usei da normal que era a que tinha e troquei o melaço por mel porque não encontrei à venda.






Ingredientes:

Massa:

200 g de farinha de trigo simples, mais um pouco para polvilhar
115 g de manteiga sem sal (usei com sal)
2 colheres (sopa) de açúcar branco refinado (usei amarelo)
Um pouco de água fria

Recheio:

70 g de manteiga sem sal (usei com sal)
100 g de açúcar mascavado claro (usei amarelo)
140 g de melaço (usei mel)
2 ovos grandes, batidos
1 colher (chá) de essência de baunilha (não pus)
115 g de nozes pecãs (usei normais)

Modo de preparação:

Para a massa, deite a farinha e a manteiga numa tigela e areie com os dedos até obter uma textura semelhante a pão ralado. Junte o açúcar e adicione água fria suficiente para a massa ficar firme. Envolva em película aderente e leve ao frigorífico durante 15 minutos, até ficar firme para estender.
Aqueça previamente o forno a 200ºC. Estenda a massa numa superfície enfarinhada e use-a para forrar uma tarteira redonda de fundo amovível com 23 cm de diâmetro.
Pique a base com um garfo e leve ao frigorífico durante 15 minutos.
Coloque a tarteira num tabuleiro, forre-a com papel vegetal e encha-a com feijões. Leve ao forno, previamente aquecido, durante 10 minutos. Retire os feijões e o papel vegetal e deixe cozer mais 5 minutos. Reduza a temperatura do forno para 180ºC.
Para o recheio, numa caçarola deite a manteiga, o açúcar e o melaço (mel) e aqueça em lume brando até derreter.
Retire do lume e adicione os ovos e a essência de baunilha, batendo energicamente.
Pique grosseiramente as nozes e deite-as no recheio.
Deite o recheio sobre a base da tarte e leve ao forno durante 35-40 minutos, até o recheio ficar firme.
Sirva a tarte morna ou fria.




Bom apetite e boa semana. Print Friendly and PDF
sexta-feira, 3 de janeiro de 2020 0 comentários

Tronco de Natal de chocolate

Bom dia a todos, bom ano!!
Então essa passagem, como foi? Por aqui passámos todos doentes com gripe, bela forma de começar... Esperemos que o resto do ano seja um pouco melhor... 😅
As minhas próximas publicações serão então dedicadas aos doces que fiz pelo Natal e noite de Ano Novo.
Há muitos anos que não fazia um tronco de Natal, que é dos meus doces favoritos desta época, por isso este ano decidi-me a fazer um. A receita retirei da revista Tele Culinária nr 1183 de Dezembro de 2001. Deu um pouco de luta a fazer mas, apesar dos imprevistos até ficou bonitinho e muito saboroso! Ficou aprovado por todos. 😊



















Ingredientes:

Para a massa:

5 ovos
160 g de açúcar
1 colher (café) de sumo de limão
45 g de cacau em pó (usei chocolate em pó)
Papel vegetal
Manteiga para untar

Para o recheio:

350 g de chocolate para culinária
3,5 dl de natas

Modo de preparação:

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo. Junte-lhes o açúcar, pouco a pouco e o sumo de limão e bata até ficarem bem firmes. De seguida adicione as gemas, bata mais um pouco e misture o cacau, envolvendo delicadamente.
Forre o tabuleiro com papel vegetal untado com manteiga. Deite a massa no tabuleiro, espalhando bem para que fique uniforme. Leve cerca de 12 minutos a forno a 180ºC. Depois de cozida, retire e desenforme sobre um pano húmido.
Raspe o chocolate para culinária. Leve ao lume as natas até ferverem, depois adicione-as ao chocolate raspado e mexa bem. Deixe arrefecer.
Espalhe 3/4 do creme de chocolate sobre a massa cozida e enrole com a ajuda do pano. Leve ao frio durante 20 minutos.
Passado o tempo indicado, cubra o tronco com o restante creme de chocolate e decore a gosto.



Bom apetite e bom fim de semana. Print Friendly and PDF
segunda-feira, 23 de dezembro de 2019 0 comentários

Rosca recheada - Desafio de Natal

Esta receita retirei da revista Cozinha Activa Nº 9 para participar no desafio de Natal da Mary que está a decorrer durante este mês no grupo O Refúgio da FussionCook.
Este desafio consiste em fazer receitas de Natal utilizando a FussionCook ou outros aparelhos que possamos ter. Eu adaptei a receita à minha MFP o que a tornou ainda mais fácil de se fazer. Eu fiz a receita a dobrar porque me pareceu que a massa era pouca e a rosca iria ficar muito pequena, mas enganei-me, deu para fazer uma rosca grande e ainda fiz mais quatro pequenas para oferecer. Ficaram maravilhosas! 😋
Então fiz assim:




















Ingredientes:

Massa:

12 g de fermento para pão (usei granulado)
1/4 de chávena de água morna
1/4 de chávena de leite quente
1/4 de chávena de açúcar (usei amarelo)
1/2 colher (chá) de sal
1 ovo
1/4 de chávena de manteiga
2 1/4 de chávenas de farinha

Recheio:

2 colheres (sopa) de manteiga à temperatura ambiente
1/2 chávena de açúcar mascavado (usei amarelo)
2 colheres (chá) de canela
1/2 chávena de passas

Para o glacé:

1 chávena de açúcar em pó
1 colher (sopa) de leite (usei mais um pouco)

Modo de preparação:

Massa: Na cuba da máquina deite a água, o fermento, o leite, o açúcar, o sal, o ovo, a manteiga e 1 1/4 de chávena de farinha de trigo. Coloque a cuba na máquina e seleccione o programa massas. Deixe correr. Assim que os ingredientes estiverem todos bem misturados adicione mais farinha, o suficiente para que se possa amassar a massa, ou seja, assim que se formar uma bola que não se pegue ás mãos. 



Deixe acabar de correr o programa. Quando este finalizar a massa deverá ter o dobro do volume.
Retire a massa da cuba e trabalhe-a ligeiramente. Abra-a num rectângulo de 37x22 cm, sobre uma superfície ligeiramente polvilhada com farinha. 



Passe a manteiga em toda a superfície.
Misture o açúcar, a canela e as passas e distribua sobre a massa. Enrole firmemente, começando pelo lado mais longo.
Feche bem as pontas do rolo e estique um pouco a massa para que fique grossa por igual.



Coloque o rolo com a extremidade para baixo numa assadeira ou forma grande, forme um anel e feche bem as pontas.



Com uma tesoura, faça cortes fundos a cada 3 cm. Abra um pouco cada corte. Deixe crescer por 45 minutos.



Asse em forno pré aquecido (190ºC), de 25 a 30 minutos ou até que aloure um pouco e esteja assada.



Para fazer o glacé, misture o açúcar com o leite e passe esta mistura na rosca enquanto ainda estiver morna.
Transfira para um prato de servir.




Como fiz a massa a dobrar ainda consegui fazer mais 4 roscas mais pequenas para oferecer:




Nota: Pode parecer que elas ficam queimadas por baixo mas, isso acontece por causa do açúcar que derrete e escorre e acaba por queimar no tabuleiro, mas não se deixem enganar porque estas roscas ficam mesmo uma maravilha!! 😉






Bom apetite e Boas Festas para todos vós! Print Friendly and PDF
sexta-feira, 20 de dezembro de 2019 1 comentários

Bolo de canela - Desafio do livro (Natal)

Este mês lá no Cantinho das Cozinheiras temos novamente o desafio do livro, este dedicado ao Natal. Desta vez a Telma deu duas receitas a cada pessoa, das quais pelo menos uma temos de fazer. Para já escolhi esta, mas ainda quero ver se tenho tempo de fazer a outra, logo se vê...
Adorei este bolinho, fica mesmo muito fôfo e com um sabor a canela maravilhoso. Perfeito para este tempo, acompanhado de um café ou chá.
Então a receita diz assim:



















Ingredientes:

2 ovos
2 chávenas de açúcar (usei amarelo)
1 chávena de azeite
1 chávena de leite
1 colher (chá) de canela
3 chávenas de farinha
1 colher (chá) de bicarbonato
20 g de açúcar granulado (como cobri com o pudim, não usei)

Modo de preparação:

Bata os ovos com o açúcar. Junte o azeite e bata de novo.
Adicione o leite e a canela e continue a bater.
Peneire a farinha com o bicarbonato e misture rapidamente no preparado anterior.
Leve a cozer o bolo em forno pré aquecido a 180ºC, numa forma com buraco, untada e polvilhada, durante aproximadamente 40 minutos.


Desenforme o bolo ainda morno e polvilhe com o açúcar granulado (não coloquei).

A receita sugeria também que cobrisse o bolo com um pudim à minha escolha, como se de uma cobertura se tratasse e foi o que fiz. Utilizei uma saqueta de pudim e, em vez de usar 500 ml de leite usei apenas 300 ml para que ficasse mais espesso. Deixei arrefecer, mexendo de vez em quando e cobri o bolo. No fim polvilhei com canela.




A receita:



Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 16 de dezembro de 2019 1 comentários

Mini brownie de microondas

Já perdi a conta à quantidade de vezes que já fiz este brownie, é simplesmente maravilhoso. Curiosamente nunca me deu para tirar fotos para partilhar convosco. Um destes dias lembrei-me de o fazer, achei que seria bom para, pelo menos, nunca perder a receita, pois este é daqueles que tem mesmo de ser feito de vez em quando cá por casa. 
Já o tenho feito assim simples e já tenho feito algumas variações mas confesso que a que prefiro é colocar um bom pedaço de chocolate (70% cacau) bem no centro da massa antes desta ir ao microondas... Experimentem, é só o que vos digo!😋



















Ingredientes:

2 colheres (sopa) de farinha de trigo com fermento
1 colher (sopa) de açúcar (uso amarelo)
2 colheres (sopa) de chocolate em pó (uso 100%)
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de leite (uso sempre mais um pouco)

Modo de preparação:

Misture bem todos os ingredientes e deite numa caneca (pode fazer directamente na caneca) e leve ao microondas em potência máxima por cerca de 40 segundos a um minuto, dependendo da potência do seu microondas. 


Retire e devore. 



Nota: A gosto pode colocar nozes ou outro fruto seco a gosto, frutas cristalizadas, côco, pepitas de chocolate ou então cobrir com chocolate derretido.

Bom apetite e boa semana. Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;