terça-feira, 3 de março de 2015

Pato crocante - Crispy duck ( Xiang su ya )

Aqui à tempos fui a uma feira de velharias que costuma haver aqui na minha terra nos últimos Domingos de cada mês, gosto de lá ir, não pelas velharias em si que para mim, e apesar de serem valiosas para muita gente, é apenas lixo. Quer dizer, até se encontram coisas engraçadas, muitas que me fazem lembrar a minha infância, mas nunca fui muito adepta de dar dinheiro por coisas velhas, se for para comprar que seja novinho a estrear. Mas claro que há excepções e essas são a verdadeira razão pela qual lá gosto de ir... os livros de culinária. Sim, livros antigos, adoro! E o melhor é que se podem comprar a preços incríveis nestas feiras! Foi o caso do livro de onde retirei esta receita. Este faz parte de uma colecção de 12 livros chamada Cookery around the world, sendo cada um dos livros de um país diferente. Conseguem adivinhar quanto dei pela colecção inteira (só a vendiam toda junta)? 9 euros, é verdade cada livro, com cerca de 150 páginas cada um, custou-me apenas 0,75€. Agora compreendem porque gosto de lá ir? :D
Esta receita foi retirada do livro da China e é mais fácil de fazer do que parece, foi a primeira que experimentei e posso dizer que é simplesmente fantástica, nós adorámos! Fiz apenas uma pequena alteração, adaptei-a para fazer na minha Evolution Mix.

Fiz assim:





Ingredientes:

1 pato caseiro
1 pau de canela da Suldouro
4 estrelas de anis 
20 grãos de pimenta Sichuan (usei 5 pimentas moídas na hora da Suldouro)
6 colheres (sopa) de vinho de arroz (sake)
Sal a gosto
40 g de alho francês

40 g de gengibre fresco
2 colheres (sopa) de farinha de milho
100 cl de óleo vegetal

Modo de preparação:

Lave o pato por dentro e por fora e seque-o.
Esmague o pau de canela, o anis e a pimenta, misture com o vinho e um pouco de sal e esfregue no pato todo. Corte o alho francês em tiras e faça o mesmo ao gengibre depois de lhe retirar a pele. Coloque o pato na varoma da Evolution mix, coloque o alho francês e o gengibre por cima deste, tape e leve a cozer a vapor durante 2 horas (1h de cada vez, virando o pato a meio do tempo) temp. máx, vel. 1. Eu coloquei papel de alumínio à volta para ajudar a fechar a tampa porque o meu pato era grande.





Quando este estiver cozinhado retire-o da varoma e deixe arrefecer (eu não deixei).
Retire o gengibre e o alho francês e esfregue o pato todo com a farinha.
Aqueça o óleo numa frigideira suficientemente grande para que o pato caiba. Frite o pato virando-o de vez em quando para que fique castanho e crocante de todos os lados. Escorra o pato e corte-o em pedaços e coloque num prato de servir. Sirva de imediato.

Eu servi com arroz de ovo mexido, tinha arroz do dia anterior, foi só fazer os ovos mexidos e misturar o arroz.




Nota: Na receita diz que se devem de passar os pedaços de pato numa mistura de sal e pimenta antes de comer, mas eu optei por não o fazer. Fica ao gosto de cada um.



Os produtos da Suldouro que utilizei nesta receita:




Bom apetite!


Print Friendly and PDF

4 comentários:

Les Saveurs de Beth Martins disse...

Minha querida amiga, este teu frango ficou divino amiga, ficou mt apetitoso!
bisous

O cantinho dos Gulosos disse...

esse pato esta com uma cor magnifica mesmo, está mesmo apetitoso e adoro pato.


www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

Luisa Alexandra disse...

Gosto imenso da carne de pato, é sempre tão saborosa!
Excelente sugestão :)

Mary - Strawberrycandy disse...

Amiga,...que deliciosa refeição!
Beijinhos,
Espero por ti em:
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
www.facebook.com/omeurefugioculinario

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;