quinta-feira, 31 de outubro de 2013 10 comentários

Bolinhos podres / Feliz dia das Bruxas

E heis que chegou mais uma noite das bruxas, seguido de um dia de bolinhos, que este ano provavelmente muito pouca gente vai aproveitar pois já não é feriado. Para mim é apenas mais uma forma de ir acabando com uma tradição que já tem vindo a morrer a pouco e pouco ao longo dos anos. E por falar nisso, serei a única com a sensação de que os anos de repente estão a passar a correr? É que me parece que ainda ontem era Janeiro… :S Ui Ui!!
Seja como for, este ano resolvi experimentar uma receita diferente para marcar estes dias, não vai haver jantarada cá por casa, mas não é por isso que deixam de haver broínhas! :P
Esta receita foi-me dada por uma amiga minha, a Ana e foi feita com algumas dicas recomendadas por ela, o resultado? Não podia ter sido melhor, simplesmente adorámos! :)
Aqui fica então:


Bolinhos podresBolinhos podres-perto

Ingredientes:

1 kg de açúcar amarelo
1 kg de farinha de trigo sem fermento
100 g de canela
100 g de erva doce
1600 ml de café de borra bem forte açúcarado
400 ml de azeite


Modo de preparação:

Leve ao lume todos os ingredientes excepto a farinha, tenha aqui em conta que o café de borra se coloca todo inclusive as borras do café, e deixe ferver. Assim que ferver acrescente a farinha a pouco e pouco mexendo sempre. Assim que estiver boa para tender os bolinhos retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Assim que conseguir forme bolinhas e coloque-as num tabuleiro untado com azeite.


Bolinhos podres-tendidos

Leve ao forno pré-aquecido a 170ºC por cerca de 15 minutos. Assim que estiverem prontas, retire-as do forno e passe-as por açúcar.

Bolinhos podres-mperto


Bom apetite!


happy
Imagem retirada da net Print Friendly and PDF
terça-feira, 29 de outubro de 2013 9 comentários

Salsichas à alsaciana

Esta receita retirei de um anexo (O melhor da cozinha Portuguesa) que vinha numa revista (não sei qual) que me foi oferecido. Tinha tirado umas salsichas e apetecia-me algo de diferente e lá resolvi experimentar esta receita. Aproveitei para experimentar mais algumas das especiarias que me foram oferecidas pela Navires suldouro e posso dizer que ficou aprovadíssima! Tenho de dizer que eu sou uma grande fã das 5 pimentas, costumo utilizar muito nos meus pratos e esta da Suldouro para mim é fantástica porque trás o moinho também o que é muito prático e o sabor que deixa nos pratos é divinal! Aprovadíssima!

Salsichas à alsacianaSalsichas à alsaciana- parceria

Ingredientes:

800 g de salsichas frescas
0,5 dl de azeite
2 cebolas pequenas
100 g de bacon fatiado (como não tinha usei chouriço)
300 g de couve lombarda
3 dl de vinho branco
600 g de batatas
5 pimentas da Suldouro q.b.
Salsa folhas da Suldouro q.b.
Sal q.b.

Modo de preparação:

Com um palito, pique as salsichas frescas e leve-as ao lume a fritar no azeite. Deixe-as corar e tempere com sal e as 5 pimentas. Retire-as e reserve.
Corte as cebolas e o bacon (usei chouriço) ás tirinhas e leve-os ao lume na mesma gordura das salsichas. Deixe refogar em lume brando. Corte a couve também em tirinhas e envolva no preparado anterior. Regue com o vinho, tape e deixe estufar, tapado, durante 10 minutos. Decorrido o tempo, sobreponha as salsichas e deixe cozinhar por mais 15 minutos.
Descasque as batatas, corte-as em metades e coza-as em água com sal. Escorra-as e coloque-as num tabuleiro, juntamente com o preparado de salsichas. Polvilhe tudo com a salsa e leve a meio do forno a 200º C, por 5 minutos, até corar.
Sirva de seguida.

Salsichas à alsaciana- perto

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 24 de outubro de 2013 2 comentários

Parceria com a Du Bois De la Roche

Cá estou eu para vos informar de mais um inicio de uma parceria, desta vez com a Du Bois de la Roche.
Para quem não conhece,
”A Du Bois de la Roche é uma empresa de origem francesa empenhada em conservar a tradição e valores familiares. Com sede em Portugal desde 1980 é especializada no fabrico de biscoitos folhados.
A empresa tem conquistado, ao longo dos anos, um nível de reconhecimento que lhe permitiu a criação de uma identidade muito própria e profundamente enraizada nos mercados onde se encontra presente.
O seu dinamismo empresarial, aliado a um profundo conhecimento da indústria Agroalimentar, tem permitido à Du Bois de la Roche acompanhar as tendências do seu setor de atividade e responder de forma eficiente aos desafios que lhe são colocados.
A empresa procura, assim, melhorar continuamente oferecendo produtos de qualidade adaptados às exigências dos consumidores.”
Se quiserem obter mais informações acerca desta empresa e conhecer melhor todos os seus produtos podem visitar o site Du Bois de la Roche
.

Parceria Du bois de la rocheParceria Du bois de la roche1
Vou mostrar-vos então os produtos que esta empresa teve a amabilidade de me enviar:

Parceria Du bois de la roche2

Ora então, eu recebi:

1 pacote de bolachas Kandi-côco
1 pacote de palmiers simples
1 pacote de palmiers de canela
1 pacote de pailloline

Parceria Du bois de la roche3

1 pacote de Feulletine (folhados glacés)
1 pacote de bolachas Crackers com azeite e rosmaninho

Parceria Du bois de la roche4

Hummm, tanta coisa maravilhosa, já me começam a dar ideias. Resta-me agora por mãos à obra! ;)

Muito obrigada à Du Bois de la Roche pela oportunidade que me dá em experimentar os seus produtos!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 22 de outubro de 2013 12 comentários

Bolo mocca de chocolate e caramelo Passatempo A Metalúrgica

Fiz este bolinho este fim de semana para participar no passatempo A Metalúrgica, organizado pela miga Marisa com a parceria d’ A Metalúrgica bakeware production, s.a. A ideia é fazer um bolinho para ver se conseguimos ganhar uma magnifica forma da Metalúrgica! Quem quiser participar pode ver aqui o desafio.
Ora o desafio foi lançado e aqui fica a minha participação, um bolinho maravilhoso para ser comido bem devagar, para que possamos saborear cada garfada.
Aqui fica a receitinha:

Bolo moka de chocolate e carameloBolo moka de chocolate e caramelo-perto

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de café em pó
2 colheres (sopa) de cacau
175 g de manteiga amolecida
175 g de açúcar amarelo
2 ovos
1 colher (sopa) de mel
200 g de farinha com fermento
4 colheres (sopa) de leite
2 barras de chocolate e caramelo (50 g) partidas em pedaços

Para a cobertura:

2 barras de chocolate e caramelo (50 g) partidas em pedaços
50 g de manteiga
2 colheres (sopa) de leite
100 g de açúcar em pó peneirado

Modo de preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma redonda de 20cm de diâmetro.
Misture o café e o cacau com 2 colheres (sopa) de água quente e misture até formar uma pasta lisa.
Num recipiente bata a manteiga com o açúcar, os ovos, o mel, a farinha, o leite e a pasta de cacau até que fique uma massa macia. Envolva as barras de chocolate e caramelo na mistura.
Coloque a massa na forma e alise. Coza por cerca de 50-60 minutos até que o topo volte ao sitio quando pressionar para baixo com o dedo. Deixe arrefecer 5 minutos na forma, desenforme e deixe arrefecer completamente.
Para a cobertura, aqueça em lume brando as barras de chocolate e caramelo com a manteiga e o leite até que fique com um creme macio, mexendo sempre. Retire do lume e misture o açúcar em pó. Deixe arrefecer.
Cubra o bolo, depois de frio, com a cobertura.

Bolo moka de chocolate e caramelo-fatiaBolo moka de chocolate e caramelo-fatia.

Bom apetite!

Marisa muito obrigada pelo convite e muito obrigada também à Metalúrgica pela oportunidade! ;)

Fonte: 101 Cakes & Bakes

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 18 de outubro de 2013 8 comentários

Frango de príncipe

Não sei se será um frango realmente digno da realeza (ah ah ah), mas que é bom isso é, sem dúvida! A receita retirei do meu velho livrinho “Tesouro das Cozinheiras”, a original leva galinha, mas eu fiz mesmo com frango não só porque gosto mais, como também era o que havia! :P
Resumindo, fica uma espécie de quiche, mas em vez de massa leva pão frito no fundo do recipiente, é diferente e nós gostámos, muito! :)
Fica a receita:

Frango de principeFrango de principe-empratado

Ingredientes:

1 frango grande
3 ovos cozidos
125 g de presunto (usei bacon)
500 g de pão de forma (usei pão caseiro que era o que tinha, mas aconselho definitivamente a utilizarem pão de forma para não se tornar muito rijo)
1 chouriço
4 ovos
Manteiga ou margarina q.b.
Pão ralado (usei 4 colheres de sopa rasas)

Modo de preparação:

Cozem-se, juntamente, o frango, o bacon e o chouriço.
Quando as carnes estiverem cozidas, retira-se o frango do tacho, desossa-se, corte-se a carne em tiras e o chouriço e os ovos em rodelas.
Corta-se o pão de forma em fatias que se fritam em manteiga e se põem a forrar um prato pirex (como não tinha prato usei um tabuleiro).
Sobre o pão deita-se o frango, o bacon cortado muito miudinho, o chouriço e os ovos cozidos.
Batem-se bem com pão ralado os restantes ovos, que devem apresentar o aspecto de um creme delgado, e deitam-se por cima das carnes. Leva-se ao forno, a cozer os ovos, deixando aloirar. Serve-se bem quente no prato em que foi cozinhado.

Frango de principe-empratado perto

Pode servir assim apenas com uma salada, eu acompanhei com um arroz branco.

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 15 de outubro de 2013 14 comentários

Lasanha de peixe e camarão

Como já tenho mencionado várias vezes eu não sou fã de salmão, mas o meu homem é e então há uns tempos atrás resolvi aproveitar uma promoção que houve e comprei umas quantas postas para ele para grelhar. O que acontece é que o salmão é um peixe meio enjoativo porque têm muita gordura e por isso o meu homem volta e meia enjoa e fica uns tempos sem comer. Ora eu sou daquelas pessoas que não gosto de ter as coisas muito tempo congeladas porque acho que acabam por perder o sabor e a qualidade. Então resolvi improvisar um prato que levasse o dito, mas bem disfarçado para que eu o comesse também… :P Daí saiu esta lasanha que ficou simplesmente deliciosa, tanto que comi e repeti e nem dei pelo sabor do bicho… eh eh eh! Mais uma vez utilizei um produto da Espiga que simplesmente adoro!
Já por aqui tinha postado uma receita de lasanha de peixe, ficam agora com uma versão diferente.
Então fiz assim:

Lasanha de peixe e camarãoLasanha de peixe e camarão-empratado

Ingredientes:

1 posta grande de salmão
5 postas de pescada
10 camarões 20/30
1 cebola média
2 dentes de alho
1 curgete pequena
100 ml de azeite
2 folhas de louro
1 colher (sopa) de polpa de tomate
1 colher (sobremesa) de pimentão doce
Sal e piri piri q.b.
Queijo mozzarella ralado q.b.
Placas de massa para lasanha q.b.

Para o bechamel:

50 g de margarina
100 g de farinha
600 ml de leite
1 colher (sopa) de limão e salsa da Espiga
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Num tacho coloque o salmão e a pescada, tape com água, tempere de sal e leve ao lume para que cozam. Quando estiverem quase cozidos acrescente o camarão e deixe terminar de cozer. Retire do lume e escorra a água, deixe arrefecer. Depois de frio, desfie o peixe e descasque os camarões e corte-os ao meio no sentido do comprimento. Reserve.
Noutro tacho coloque a cebola e os alhos picados, a curgete cortada em cubinhos, o azeite e o louro. Deixe fritar até que a curgete fique mole. Acrescente então a polpa de tomate, o pimentão doce, o piri piri e tempere de sal a gosto. Acrescente o peixe desfiado, misture bem e retire o louro. Retire do lume e reserve.
Para o bechamel, coloque a margarina num tacho e deixe derreter, adicione a farinha e misture bem. A pouco e pouco vá acrescentando o leite, mexendo sempre para que não ganhe grumos. Tempere com sal e pimenta a gosto e com o limão e salsa da Espiga e deixe ferver até engrossar.
Coza a massa para a lasanha em água e sal.
Num tabuleiro coloque uma concha de bechamel e espalhe bem, coloque folhas de massa a cobrir o fundo, por cima coloque metade do recheio de peixe e por cima espalhe 10 metades de camarão. Cubra com mais um pouco de bechamel e salpique tudo com um pouco de queijo. Depois coloque mais massa, o resto do recheio, o resto do camarão, mais um pouco de bechamel e queijo. Por fim cubra tudo novamente com massa, o resto do bechamel e queijo. Leve ao forno a gratinar até que fique douradinho.
Sirva com uma salada de alface.

Lasanha de peixe e camarão-empratado perto

Limão e salsa Espiga

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 11 de outubro de 2013 10 comentários

Etéreos de canela

No fim de semana passado deu-me a vontade de fazer bolachinhas, já há algum tempo que não fazia e é algo que adoro. Se calhar é por isso que não as faço…eh eh! É que têm tendência a desaparecer rapidamente e estas não foram exceção! :P
Resolvi procurar no meu livro “Bolachas deliciosas” uma receitinha que me agradasse, lá encontrei estas de canela e ficou logo decidido, assim aproveitei e experimentei a minha primeira especiaria gentilmente oferecida pela Navires Suldouro. O resultado, adorámos e vão ter de ser repetidas brevemente pois souberam muito a pouco… ah ah ah!!! :)
Aqui fica então:

Etéreos de canelaEtéreos de canela-perto

Ingredientes:

250 g de manteiga
200 g de açúcar
1 colher (chá) de canela moída Suldouro
Sal q.b.
300 g de farinha com fermento
50 g de amido de milho (usei da Espiga)
1 clara
75 g de açúcar mascavado

Modo de preparação:

Derreta a manteiga, deixando-a tomar cor. Deixe arrefecer. Junte o açúcar, a canela e uma pitada de sal e bata até obter uma textura cremosa. Peneire a farinha e o amido e envolva-os na massa. Embrulhe a massa em película aderente e deixe-a repousar no frigorífico durante 1 hora.
Forme três rolos com 30 cm de comprimento a partir da massa e refrigere-os durante mais 2 horas.
Pré-aqueça o forno a 175ºC (forno com circulação do ar: 150ºC). Pincele toda a superfície dos rolos com a clara e passe-os pelo açúcar mascavado. Corte-os em fatias de 1 cm de espessura. Disponha as fatias sobre tabuleiro forrados com papel vegetal.
Coza as fatias no forno, na segunda altura a contar de baixo, durante 15 minutos.
Depois de cozidas deixe arrefecer antes de retirar para um prato.

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 9 de outubro de 2013 8 comentários

Arroz aromático de cenoura ( Bom Sucesso)

Mais uma vez este arroz fez sucesso cá por casa, ficámos realmente fãs. É um arroz muito saboroso e que fica soltinho, uma maravilha!!
Uma simpática oferta da Orivárzea
a quem agradeço mais uma vez pela oportunidade que me deu.
Vamos então à receitinha…

Arroz de cenoura Bom Sucesso

Ingredientes:

2 copos de arroz aromático Bom Sucesso
4 copos de água
1/2 caldo de galinha
1 cebola média
2 dentes de alho
2 folhas de louro
100 ml de azeite
1 cenoura média
Sal q.b.

Modo de preparação:

Num tacho refogue a cebola e os alhos picados, o azeite e o louro. Assim que começar a ganhar cor deite o caldo de galinha, a cenoura descascada e cortada em cubinhos e o arroz. Deixe fritar um pouco mexendo de vez em quando. Adicione depois a água, tempere de sal, retire o louro e deixe cozer. Sirva de seguida.

Arroz aromático Bom Sucesso

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 7 de outubro de 2013 19 comentários

Bolo de maçã e canela

Mais um bolinho que fiz para um almoço em família em casa do meu Papi e desta vez lembrei-me de levar a máquina fotográfica… eh eh eh! A receita retirei do meu livro Good Food 101 Cakes & Bakes e é simplesmente maravilhosa. A acompanhar com uma bolinha de gelado de baunilha fez as delicias de todos! :)
Aqui fica a receita:

Bolo de maçã e canela

Ingredientes:

250 g de farinha com fermento
1 colher (sopa) de canela moída
1 colher (sopa) de fermento em pó
100 g de açúcar mascavado
175 g de sultanas ou passas
125 ml de óleo de girassol
2 ovos batidos
125 ml de sumo de maçã
2 maçãs pequenas (com casca) raladas
25 g de amêndoas em palitos
Açúcar em pó para polvilhar

Modo de preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma redonda de 23 cm com papel vegetal.
Peneire a farinha para uma taça juntamente com a canela e o fermento, adicione o açúcar e as sultanas. Faça um buraco no centro e deite o óleo, os ovos, o sumo de maçã e as maçãs raladas. Misture tudo muito bem.
Coloque a massa na forma, polvilhe com as amêndoas e leve a cozer por 40-45 minutos até que fique firme no centro ou quando inserir um palito este saia limpo.
Deixe arrefecer na forma por 5 minutos e depois coloque numa rede e deixe arrefecer por completo. Coloque num prato e polvilhe com o açúcar em pó.

Bolo de maçã e canela- fatiaBolo de maçã e canela- fatia perto

“ Sirva este bolo quente como uma sobremesa deliciosa ou frio como uma guloseima para um piquenique.”

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 4 de outubro de 2013 8 comentários

Parceria com a Navires (Suldouro)

É com muita alegria que venho partilhar convosco mais uma parceria com o meu blogue. Foi com grande simpatia que a Navires me enviou alguns dos seus produtos para que eu possa experimentar e conhecer, para além disso ainda ficou um convite vindo do Sr. José António Mendes para lá ir visitar as instalações quando andar lá pela zona de Gaia, que simpatia, é claro que terei todo o gosto em o fazer! :)
Em relação à empresa:

“A Navires nasce em 1971, mais precisamente no dia 8 de Setembro, quando Adão Gonçalves, José Brito Mendes e Agostinho Silveira após mais de 25 anos a trabalhar em empresas do ramo, decidem que está na hora de tentarem também eles a sua sorte. Alugam um Rés do Chão, com cave, na Rua José Mariani, 480, em V. N. de Gaia, com pouco mais de 300m2 e assim começam a trabalhar.
O principal sempre foi as especiarias mas no arranque outros produtos como café, cevada e pastilhas elásticas também ajudaram a fazer volume de trabalho e facturação.(…)”

Se quiserem ficar a conhecer um pouco melhor a empresa e os seus produtos visitem aqui o site da Navires Suldouro ou então o Facebook aqui.

E aqui ficam os produtos que me foram enviados:

Produtos Suldouro (Navires)

Mais em pormenor:

Produtos Suldouro (Navires)- frascos

- 1 frasco de pimenta preta moída
- 1 frasco de açúcar baunilhado
- 1 moinho de pimenta branca
- 1 moinho de 5 pimentas

Depois as embalagens grandes:

Produtos Suldouro (Navires)- emb.gr.

- Orégãos folha
- Salsa folhas
- Canela pau
- Alho granulado
- Piri piri vagem
- Cominhos moídos
- Pimentão doce
- Pimenta branca
- Canela moída
- Louro folhas
- Ervas Provence

E as embalagens mais pequenas:

Produtos Suldouro (Navires)- emb.pq.

- Açafrão das Índias
- Noz moscada
- Coentros grão
- Caril
- Cravinho grão
- Alecrim
- Gengibre
- Tomilho
- Estragão
- Erva doce moída
- Coentros moídos
- Cravinho moído

Resta-me agradecer à Navires e ao Sr. José, pela simpatia e pela oportunidade que me deram!

Agora é por as mão à obra e provar estas magníficas ofertas! ;)

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;