segunda-feira, 30 de setembro de 2013 9 comentários

Quiche de carne grelhada e legumes (aproveitamentos)

A regra de ouro por aqui é reaproveitar e não deixar estragar! Por isso mesmo saiu mais uma quiche, de improviso, para gastar uns restos de entrecosto grelhado carnudo que sobraram de uma outra refeição. Com uma lata de cogumelos e uns legumes que por aqui tinha se fez uma deliciosa refeição para quatro! ;)
Fiz assim:

Quiche de carne grelhada e legumes (aproveitamentos)Quiche de carne grelhada e legumes (aproveitamentos)-perto

Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada
Restos de entrecosto grelhado q.b. (desossado e partido em pedaços)
1 cebola média
2 dentes de alho
1 lata de cogumelos
1 cenoura média
100 g de ervilhas (congeladas)
100 ml de azeite
1 pacote de natas
2 ovos
queijo mozzarella ralado q.b.
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Num tacho coloque a cebola cortada em rodelas finas, os alhos picados e o azeite. Leve a refogar até que a cebola amoleça.
Deite de seguida os cogumelos e deixe fritar um pouco, acrescente a cenoura cortada em cubinhos e as ervilhas e deixe cozinhar. Adicione por fim o entrecosto, e deixe cozinhar mais um pouco até que os legumes fiquem cozidos.
Num recipiente à parte deite os ovos e as natas, tempere de sal e pimenta e misture muito bem!
Unte uma forma de fundo amovível com margarina e coloque a massa folhada, pique o fundo desta com um garfo e deite o recheio de carne e legumes. Regue tudo com a mistura de ovos e natas, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno a 170º C por cerca de 40 minutos.

Quiche de carne grelhada e legumes (aproveitamentos)-fatia

Sirva com uma salada a gosto.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 23 de setembro de 2013 13 comentários

Mini tartes de chocolate com piri-piri com laranja e amêndoa triturada

Esta receita fiz este fim de semana para participar no passatempo Marmita da Paladin, ficaram umas tartes fantásticas com um  sabor a chocolate ligeiramente alaranjado e curiosamente muito pouco picantes! Uma verdadeira maravilha! Inspirei-me numa receita do Gordon Ramsay  e fiz a minha própria versão! :)
Quem me quiser ajudar a ganhar contribuindo com o seu voto, pode ir aqui  ao
Facebook da Paladin e deixar um like na receita (atenção, não é na receita que eu publiquei, mas sim na que a Paladin irá colocar no seu mural). Desde já vos agradeço! ;)
Aqui fica.

Mini tartes de chocolate e piri-piri com amêndoa triturada.Mini tartes de chocolate e piri-piri com amêndoa triturada-pertojpg

Ingredientes:

Recheio:

200 g de chocolate preto
4 colheres (sopa) de natas
30 g de margarina
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de piri-piri com laranja Paladin

Massa:

62 g de margarina à temperatura ambiente
45 g de açúcar
1 ovo
125 g de farinha sem fermento

Para a amêndoa triturada:

75 g de açúcar
50 g de amêndoas laminadas

Modo de preparação:

Comece pela massa. Misture a manteiga e o açúcar num processador de alimentos. Adicione o ovo e passe durante 30 segundos. Adicione a farinha e passe até que a massa ligue. Amasse um pouco sobre uma superfície enfarinhada e forme um disco liso. Envolva em película aderente e leve ao frigorífico durante 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 190ºC. Unte 6 forminhas de tarte com caneluras e fundo amovível. Estenda amassa numa superfície enfarinhada até ficar o mais fina possível e corte 6 discos com a ajuda de um cortador com caneluras. Forre as formas com a massa generosamente e saindo dos lados e perfure a base com um garfo. Deixe repousar durante 20 minutos no frigorífico. (Devem ficar bem firmes e frias.)
Coza as tartes depois no forno pré-aquecido até dourarem. Com uma faca afiada, retire a massa excedente e ainda nas formas deixe arrefecer numa grelha.
Enquanto as tartes estão a cozinhar prepare as amêndoas trituradas. Forre um tabuleiro de forno com papel vegetal. Coloque o açúcar numa frigideira seca a uma temperatura média. Assim que se formar o caramelo, faça-o girar em volta da frigideira para ganhar calor por todo. Quando começar a ficar levemente acastanhado junte as amêndoas e faça-as rodopiar para que fiquem cobertas. Deite-as no tabuleiro já preparado espalhando bem para que a mistura fique fina e uniforme. Deve enrijecer quase de imediato. Reserve durante uns 10 minutos para arrefecer.
Entretanto prepare o ganache de chocolate. Deite o chocolate partido, as natas, a manteiga, o açúcar e o piri-piri numa taça à prova de calor e coloque numa caçarola com água levemente a ferver, mexendo, para ligar assim que derreta.
Com uma colher passe a mistura de ganache para as bases de tarte arrefecidas e deite por cima os pedaços de amêndoa triturada. Leve ao frigorífico durante 20 minutos antes de servir.

Mini tartes de chocolate e piri-piri com amêndoa triturada-interiorjpgMini tartes de chocolate e piri-piri com amêndoa triturada-interior pertojpg

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 18 de setembro de 2013 7 comentários

Parceria com a Paladin

É com imensa alegria que venho comunicar-vos esta nova parceria que foi aceite pela Paladin. Fiquei muito feliz por poder ter esta oportunidade de experimentar estes fantásticos produtos!
Quem quiser saber mais sobre esta marca e estes produtos pode visitar o site da Paladin
aqui ou o Facebook aqui.
Vejam só os produtos que me foram enviados:

Parceria Paladin

Os vinagres:

- Vinagre de fruta com manga
- Vinagre de vinho
- Vinagre de fruta com maracujá
- Vinagre de fruta com frutos vermelhos

Parceria Paladin-vinagres

Os molhos:

- Mostarda com mel
- Molho à cervejaria
- Mostarda
- Ketchup
- Maionese (uma top down e outra em frasco)

Parceria Paladin-molhos

Os temperos:

- Azeitonas e orégãos
- Coentros e alho
- Iogurte
- Mil ilhas

Parceria Paladin-temperos

E os picantes (confesso que achei piada à marca…eh eh):

- Piri-piri com limão
- Piri-piri com ananás
- piri-piri com laranja

Parceria Paladin-picantes

Resta-me agradecer à Paladin, pela oportunidade que me deram, confesso que vai ser um desafio para mim arranjar receitas para alguns destes produtos, mas é isso mesmo que eu gosto, de um bom desafio! ;)

Beijinhos doces para todos!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 16 de setembro de 2013 13 comentários

Bolo de uvas no tabuleiro

Este fim de semana apeteceu-me fazer um bolinho e como tenho por aqui muitas uvas dadas pelo meu papi aproveitei para gastar umas quantas. Inspirei-me num bolo que vi no meu livro “Pastelaria receitas de adoçar a boca” e pus mãos à obra. O resultado foi um bolinho muito fôfo e delicioso com sabor a uva! :)
Aqui fica a receita:

Bolo de uvas no tabuleiroBolo de uvas no tabuleiro-pertoBolo de uvas no tabuleiro-mperto

Ingredientes:

500 g de uvas brancas
200 g de margarina à temperatura ambiente
300 g de açúcar amarelo
3 ovos
1 limão (raspa)
200 g de farinha com fermento
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
3 claras
2 colheres (chá) de sumo de limão
Margarina para untar

Modo de preparação:

Aqueça previamente o forno a 175ºC. Lave as uvas e, se quiser, retire-lhes os caroços, escorra e reserve.
Bata 250 g de açúcar com os ovos, a raspa de limão, a farinha, o fermento e a margarina, até obter uma massa lisa.
Unte o tabuleiro de margarina e papel vegetal, verta a massa e alise a superfície da massa. Distribua as uvas sobre a massa. Leve ao forno na grade do meio cerca de 40 minutos.
Prepare o merengue, batendo as claras em castelo firme. Ao bater adicione o sumo de limão e o açúcar restante, batendo sempre.
Retire o bolo cerca de 30 minutos depois de estar a cozer e espalhe o merengue sobre este. Leve novamente ao forno na grade do meio mais 10 minutos.
Retire do forno e deixe arrefecer.

Bolo de uvas no tabuleiro-interior

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 6 de setembro de 2013 9 comentários

Cordon Bleu caseiros

À dias resolvi experimentar fazer isto para ver como me saía, normalmente costumo comprar e fritar, muito mais prático eu sei, mas eu sou apreciadora de comida caseirinha e defendo que aquilo que conseguir fazer escuso de estar a comprar, não só é mais saudável, como parecendo que não ainda se poupam uns tostões, o que nesta altura convenhamos, dá bastante jeito! :)
Lá me aventurei, mas sempre com a ideia de que assim que os colocasse no óleo para fritar se iriam desmanchar todos. Enganei-me, como é óbvio. E não só correram bem como ficaram incrivelmente parecidos com os que costumava comprar…eh eh eh. Escusado será dizer que já não volto a comprá-los, pois estes ficaram mais que aprovados! ;)
Então fiz assim:

Cordon Bleu caseiros-empratadoCordon Bleu caseiros- interior

Ingredientes:

1 kg de carne picada (utilizei de porco que era o que tinha, mas podem utilizar o que quiserem)
Fatias de fiambre q.b.
Fatias de queijo mozzarella q.b.
Sal e pimenta q.b.
Ovos q.b.
Pão ralado q.b.

Modo de preparação:

Com pedaços de carne picada faça círculos finos (do tamanho que desejar, mas todos mais ou menos do mesmo tamanho) e coloque-os numa tábua de cozinha forrada com papel vegetal ou outro, separados uns dos outros até acabar com a carne. Tenha em conta que têm de ser sempre pares. Em metade desses círculos coloque por cima de cada um uma fatia de fiambre e outra de queijo. Tape-os com os restantes círculos de carne, fechando bem a toda a volta de forma a que o queijo e fiambre deixem de se ver.

Cordon Bleu caseiros- montados

Leve ao congelador até que comecem a ficar firmes de forma a que lhes possa pegar sem que eles se desfaçam (não é preciso congelar).
Aqueça bem uma frigideira com óleo, passe os círculos de carne por ovo batido e por pão ralado temperado com sal e pimenta a gosto.
Frite de ambos os lados e retire para uma travessa forrada com papel de cozinha para que estes escorram.

Cordon Bleu caseiros

Sirva os cordon bleu com um acompanhamento a gosto. Eu servi com puré de batata e salada.

Nota: Se quiser depois de os passar pelo ovo e pão ralado, pode voltar a colocar no congelador e utilizar noutra altura.

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 4 de setembro de 2013 8 comentários

Quiche de beringela e bacon

Tinha por aqui uma beringela que me foi oferecida pela minha mãe e que já estava a passar o prazo da validade, então toca de procurar uma receita onde a pudesse utilizar. Encontrei esta aqui que me agradou logo e foi mesmo o que acabei por fazer. Com algumas alterações o resultado foi fantástico, adorámos e com certeza iremos repetir… :)
Fica então a receita com as alterações que fiz:

Quiche de beringela e bacon

Ingredientes:

1 folha de massa folhada
2 beringelas grandes
150 g de bacon cortado em cubos
1 cebola grande
1 dente de alho grande
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
200 ml de leite
2 ovos
Sal, Pimenta e Noz Moscada q.b.
Azeite q.b.
Queijos Mozzarella e parmesão ralados q.b.

Preparação:

Estenda a massa, cobrindo a forma. Pique o fundo com um garfo. Reserve.
Corte a cebola em juliana e leve-a a estrugir com um pouco de azeite numa frigideira grande em lume médio. Descasque e corte as beringelas em tiras finas e adicione à cebola. Adicione um pouco de sal e o alho picado, continue o refogado até que a beringela esteja macia. Adicione o bacon. Mexa e e verta num coador, para que solte o azeite.
Num recipiente, bata os ovos, adicione o leite, o sal, a pimenta e a noz moscada. Misture tudo muito bem e incorpore a beringela com o bacon. Misture tudo de novo. Unte a base da quiche com as duas colheres de polpa de tomate e verta a mistura anterior. Cubra com o queijo ralado. Leve ao forno até que a massa coza e a quiche fique bem dourada.

Quiche de beringela e bacon-fatiaQuiche de beringela e bacon-fatia.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 2 de setembro de 2013 11 comentários

Pizza de atum e ovo

Desde que ganhei o gosto por fazer pizzas caseiras que é raro ir comer pizzas fora, também desde essa altura que tento ver se consigo fazer uma massa fofa e crocante como algumas que costumava comer fora e que adorava. Desta vez tentei fazer como já tenho visto nos canais de culinária onde misturavam a farinha de trigo com sêmola de milho e a massa ficava realmente com a consistência que eu queria. Então e sem me guiar por receitas lá experimentei. O resultado, bem, apesar de ter ficado muito boa, a massa não ficou propriamente fofa como eu queria, para o meu homem já ficou bem, pois ele gosta da massa fina, mas para a próxima vou experimentar com menos quantidade de sêmola para ver se finalmente consigo o resultado que quero! Tem de ser assim, por tentativas! :P
por aqui tinha postado uma pizza de atum, como eu tinha o hábito de a fazer, mas desta vez apeteceu-me inventar algo diferente e o resultado, massas à parte, não podia ter sido melhor, ficou fantástica! Então fiz assim:

Pizza de atum e ovoPizza de atum e ovo-fatia

Ingredientes:

Massa (dá duas pizzas grandes)

250 g de farinha de trigo
250 g de sêmola de milho
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher ( sobremesa ) de sal fino
1 colher ( sobremesa ) de fermento de padeiro
1 caneca de água quente ao toque

Recheio para uma pizza

Azeite q.b.
4 dentes de alho laminados
1 cebola cortada em rodelas
1 lata de atum
1/2 pacote de natas (100ml)
1 ovo
Queijos mozzarella e parmesão ralados q.b.
Sal e orégãos q.b.

Modo de preparação:

Para a massa: Numa tigela, ponha as farinhas, o sal e o fermento de padeiro, misture bem. De seguida, adicione a água, mas só o suficiente até ver que já consegue misturar tudo bem e sem pegar ás mãos. Por fim junte o azeite e amasse tudo muito bem ( cerca de 5 minutos ). Depois forme uma bola, deite-a na taça, tape e deixe descansar cerca de 30 minutos.
Estenda a massa e forme as bases para a pizza. Cubra uma das bases com um pouco de azeite, depois espalhe o alho laminado, de seguida as rodelas de cebola, o atum e regue com as natas temperadas com um pouco de sal. Cubra tudo com os queijos ralados, no centro da pizza coloque o ovo e polvilhe tudo com orégãos a gosto. Leve ao forno até que o queijo derreta e a massa e o ovo fiquem cozidos.

Nota: A outra pizza fiz com outro recheio mais ao gosto do meu homem. Mas, caso não tencionem utilizar as duas bases, podem congelar e utilizar outro dia.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;