quarta-feira, 31 de outubro de 2012 12 comentários

Broas Castelares / Happy Halloween

Hoje é dia de festa para muitos, mas não para mim pois não tenho por cá toda a gente (a do costume) para a fazer, será por isso no sábado. Como se costuma dizer…” Vale mais tarde que nunca!” :)
No entanto as broinhas, essas não faltam! Já fiz imensas e estas fizeram parte do cardápio, eu simplesmente adoro (já o meu homem nem por isso…), nunca tinha feito por isso resolvi experimentar este ano, a receita encontrei aqui, mas fiz a triplicar, pois deu-me poucas e como sabem eu faço também para oferecer à famelga e alguns amigos. Tenho a agradecer ao Luís pela partilha da receita, pois era exatamente o que eu queria, uma receita original destas maravilhas, pois as outras levam farinhas e eu apesar de também comer já não as acho tão boas. Ficaram maravilhosas, toda a gente adorou!
Aqui fica a receita:

Broas castelaresBroas castelares.

Ingredientes:

650g de batata-doce cozida e esmagada
100g de coco seco, ralado
200g de Amêndoa ralada fino
Raspa da casca de 3 laranjas
6+6 gemas de ovo
500g de Açúcar
Água de Flor de Laranjeira (não encontrei por isso usei umas gotas de sumo de laranja)
Folha de obreia (facultativo) (não usei)

Modo de preparação:

Coza as batatas-doce com casca e descasque-as depois, grosso, de modo a eliminar a camada arroxeada exterior.
Passe-as por um passador ou passe-vite. Reserve.
Leve o açúcar ao lume num pouco de água e deixe-o atingir os 117ºC ou ponto de Espadana. Junte a batata ao xarope de açúcar e envolva. A mistura fica muito líquida, não se preocupe.
Junte então o coco ralado, a raspa e a amêndoa, envolva bem, depois as 6 gemas, uma a uma, mexendo sempre muito bem entre cada gema. Deixe ao lume, mexendo sempre para não pegar, até engrossar o suficiente para moldar. Junte por fim, já fora do lume, uma colher de sopa de água de flor de laranjeira, se conseguir arranjar, o que vai sendo difícil; se não, junte umas 4-5 gotas da respectiva essência (usei sumo das laranjas).
Guarde no frigorífico até ao dia seguinte.
Com as mãos profusamente oleadas, molde as broas e disponha-as no tabuleiro de forno enfarinhado ou forrado de folha de obreia. Pincele cada broa dos lados e por cima com gema de ovo, deixando uma quantidade generosa na face superior (que deve ser ligeiramente côncava, para esse efeito) e leve a forno quente superior até as broas adquirirem um tom tostado.
Guarde-as em caixa fechada e pode começar a consumir dentro de 24 horas.
Escusado será dizer que eu não esperei tanto tempo…. :P

Bom apetite!

Espero sinceramente que tenham um excelente feriado, para quem vai festejar, divirtam-se muito, mas não se esqueçam:

550095_509633002380827_490584834_n
Imagem retirada da net

É um bom conselho! ;)

Beijinhos doces.

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 29 de outubro de 2012 7 comentários

Linguine com bacon e azeitonas

Eu sei, “Onde é que estão as azeitonas?!!”, bem,  não estão, ou melhor estavam, mas à parte, é que eu não gosto muito das azeitonas juntas na comida porque ficam quentes, esqueci-me foi de as incluir na foto, mas isso não interessa nada, vocês confiam em mim, certo?!! (cof cof) :P
Ora então esta receita tirei do livro “O grande livro das massas”, na verdade já a fizémos imensas vezes cá em casa,com algumas alterações, simplesmente nunca me lembrei de tirar fotos para por aqui, não me perguntem porquê, porquê eu não vos sei dizer… O que vos sei dizer é que esta massinha fica uma delicia autêntica, a sério!!
Heis a receita:

Linguine com bacon e azeitonasLinguine com bacon e azeitonas.

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite
2 cebolas finamente fatiadas
2 dentes de alho picadinhos
175 gr de bacon magro sem courato cortado aos cubos (usei o que tinha)
225 gr de cogumelos laminados
5 filetes de anchova enlatados escorridos (não pus)
6 azeitonas pretas descaroçadas e cortadas ao meio (foram mesmo inteiras à parte)
450 gr de linguine (usei esparguete)
25 gr de queijo parmesão ralado no momento
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Aqueça o azeite numa frigideira grande. Deite as cebolas, o alho e o bacon e refogue em lume brando, mexendo de vez em quando até as cebolas amolecerem. Junte, mexendo, os cogumelos, as anchovas e as azeitonas, a seguir tempere a gosto de sal, se necessário e pimenta. Deixe refogar durante mais 5 minutos.
Coza a massa em água e sal durante 8-10 minutos ou até ficar tenra, mas firme al dente. Escorra a massa e transfira para uma travessa aquecida. Verta o molho por cima, agite ligeiramente e polvilhe com queijo parmesão. Sirva imediatamente.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 25 de outubro de 2012 9 comentários

Tarte de limão do Gordon Ramsay

Mais uma receita excelente deste grande chef, aprovadíssima por todos. Esta tarte retirei do livro Sunday Lunch mas foi mais para um sunday dinner em casa da minha mammy eh eh eh…
Aqui fica a receitinha:

Tarte de limão Do Gordon Ramsay1Tarte de limão Do Gordon Ramsay2

Ingredientes:

Para a massa:

125 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente
90 gr de açúcar
1 ovo grande
250 gr de farinha sem fermento

Recheio:

2 ovos grandes
4 gemas
180 gr de açúcar
200 ml de natas
2 limões (sumo)
Açúcar em pó para polvilhar
Crème fraîche para acompanhar

Modo de preparação:

Ligue o forno a 190ºC.
Massa: Coloque a manteiga juntamente com o açúcar no processador de cozinha e triture até que fiquem bem misturados. Adicione o ovo e triture por 30 segundos. Acrescente depois a farinha e triture  até que fique tudo bem misturado (não exagere senão a massa fica demasiado resistente). Se a massa parecer demasiado seca acrescente 1 colher de sopa de água fria. Estenda a massa e forre com ela uma tarteira untada e leve ao frigorifico por 20 minutos.
Coloque uma folha de papel vegetal a cobrir a massa e encha com leguminosas. Leve ao forno e deixe cozer por 15 minutos (as laterais devem de começar a ficar douradas). Retire então as leguminosas e o papel vegetal e coza por mais 5 minutos para que a base da massa coza e fique levemente dourada. Retire do forno e reserve.
Baixe a temperatura do forno para 110ºC.
Recheio: Numa tigela misture os ovos, as gemas e o açúcar. Acrescente as natas, misture e, por ultimo adicione o sumo de limão (isto vai engrossar o creme). Passe o creme por um passador para dentro de um jarro. Coloque metade do recheio dentro da forma por cima da massa. Coloque a forma na ultima prateleira do forno, puxe a prateleira um pouco para fora do forno e acabe de encher com o restante recheio. Empurre a prateleira novamente para dentro do forno com muito cuidado e deixe cozer por cerca de 50 a 60 minutos até que o recheio fique quase sólido (ainda a tremer um pouco no centro). Retire do forno e deixe arrefecer completamente. Desenforme.
Polvilhe a tarte com açúcar em pó. Corte fatias e sirva com o crème fraîche.
Se preferir com um maçarico queime o açúcar e dê-lhe um efeito tipo de crème brûlée que foi o que eu fiz.

Tarte de limão Do Gordon Ramsay-fatiaTarte de limão Do Gordon Ramsay-fatia perto

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 23 de outubro de 2012 7 comentários

Sumo natural de uva e pêssego

Nada mais simples de fazer e delicioso. Foi mais uma receita para acabar com as uvas que teimavam em não desaparecer do frigorifico! :)
Fiz assim:

Sumo natural de uva e pêssego.Sumo natural de uva e pêssego

Ingredientes:

2 kg de uvas (+-)
4 pêssegos maduros
Gelo q.b.

Modo de preparação:

Com a máquina de fazer sumos desfaça as frutas em sumo, coloque num jarro, junte gelo e misture bem. Se não tiver máquina de fazer sumos coloque as frutas sem cascas nem caroços na liquidificadora e triture bem.
Sirva bem fresco.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 22 de outubro de 2012 15 comentários

Coelho assado no forno

Este coelho foi a minha sogra que nos ofereceu (ela faz criação) e o destino dele foi mesmo o forno, para ser diferente, pois é mais costume ir logo para o tacho.
Não é muito costume cozinhar o coelho com a cabeça, mas a minha Lady (cadela) coitadita também têm direito a uma golusice de vez em quando e então lá fiz o bixito inteiro. A receita não tem nada de especial é bastante simples e acaba por ser bem rápida de se fazer e prática, pois enquanto está no forno podem sempre ir adiantando outras coisas, ah e o melhor… fica uma delicia.
Fiz assim:

Coelho assado no forno

Ingredientes:

1 coelho inteiro já arranjado e lavado
Alho em pó q.b.
Sal e pimenta q.b.
1 Caldo de carne
1 dl de polpa de tomate
1 dl de azeite
1 dl de vinho branco
Batatas médias descascadas e cortadas ao meio q.b.
Água q.b.

Modo de preparação:

Num recipiente de ir ao forno, coloque o coelho no centro e as batatas em volta. Acrescente todos os restantes ingredientes e esfregue tudo muito bem na carne e nas batatas. Leve ao forno a 180ºC por cerca de 40 minutos, ou até que as batatas estejam assadas. Vá regando a carne e as batatas com o próprio molho, de vez em quando, enquanto assa.
Sirva com uma salada a gosto.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 19 de outubro de 2012 9 comentários

Bolo de uvas na frigideira

Mais um improviso que saiu desta cabecinha pensadora…eh eh. Tinha uvas a estragarem-se no frigorifico e confesso que já tinha visto na tv receitas de bolos na frigideira que me deixaram bastante curiosa. Lá fui eu para a cozinha fazer o test drive. Fiz tudo assim meio a olho, mas vou deixar aqui mais ou menos as quantidades que devo ter utilizado. Devo de mencionar que fiz este bolo numa frigideira média (deu para quatro fatias), se quiserem maior terão de dobrar os ingredientes.

Bolo de uvas na frigideiraBolo de uvas na frigideira-lado

Ingredientes:

1 ovo
100 gr de farinha com fermento
30 gr de açúcar
80 ml de leite
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
Uvas cortadas ao meio e descaroçadas q.b.
Açúcar q.b.

Modo de preparação:

Ligue o forno a 180ºC.
Numa frigideira que possa ir ao forno, coloque açúcar de forma a preencher o fundo. Leve ao lume até caramelizar. Deite então as uvas e deixe cozinhar um pouco. Num recipiente à parte misture muito bem os restantes ingredientes e deite-os por cima das uvas (deve de ficar uma massa cremosa, não liquida).
Leve a frigideira ao forno por cerca de 20 minutos ou até que o bolo coza e fique dourado por cima.
Depois de cozido, retire do forno e deixe arrefecer uns minutos antes de desenformar, para que não se queime com o caramelo, mas não deixe arrefecer completamente senão o caramelo solidifica e o bolo fica pegado à frigideira. Enfeite com umas uvas e sirva quente ou frio.

Bolo de uvas na frigideira-fatiaBolo de uvas na frigideira-fatia lado

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 17 de outubro de 2012 12 comentários

Hambúrgueres no pão caseiros / Pão de hambúrguer

Já por várias vezes que tínhamos visto pela net, e não só, pães de hambúrguer feitos em casa e andávamos meio curiosos para saber se ficariam minimamente parecidos com os de compra. Um destes dias o meu homem resolveu experimentar e lá foi à procura de uma receita que lhe agradasse. Encontrou esta aqui e lá pôs mãos à obra. São um pouco trabalhosos, mas valem a pena. Não são bem bem iguais aos de compra, mas não andam muito longe. Nós gostámos.
A receita é a seguinte (ele fez a dobrar):

Hambúrgueres no pão caseiros (Pão de hambúrguer)

Ingredientes:

250 gr de farinha para pão (sem fermento)
10 gr de fermento instantâneo
10 gr de açúcar
5 gr de sal
30 gr de manteiga sem sal
140 ml de água morna

Opcional:

1 clara de ovo (ele usou 1 ovo inteiro)
2 colheres (chá) de sementes de sésamo (não usou)

Hambúrgueres q.b.
Folhas de alface q.b.
Cogumelos salteados q.b.
Cebola grelhada q.b.
Fatias de queijo mozzarella q.b.
Molhos a gosto

Modo de preparação:

Pese a farinha, o sal, o açúcar e o fermento para dentro de um recipiente grande. Misture bem, para que fique igualmente distribuido.
Derreta a manteiga no micro-ondas ou num tacho, esta deve de ficar morna, não quente.
Misture a água com os ingredientes secos, seguida da manteiga e amasse bem com as mãos para formar a massa. Esta deve de ficar macia e elástica. Tape o recipiente com película aderente, coloque-o num sitio quente e deixe levedar até que fique com o dobro do tamanho (cerca de 1 ou 2 horas, dependendo do calor).
Corte então a massa em quartos e molde cada um em uma bola. Coloque as bolas num tabuleiro untado de óleo, tape-as com película aderente e deixe levedar novamente até dobrar de tamanho.

Pão de hambúrguer levedado

Pincele todos os pães com ovo batido.

Pão de hambúrguer pinceladoPão de hambúrguer pincelado.

Polvilhe-os com sementes de sésamo ou outra coisa a gosto, ele polvilhou uns com bacon em cubinhos, outros com queijo e outros deixou ficar assim simples.

Pão de hambúrguer cobertura

Ligue o forno a 170º C.
Deixe os pães levedarem uma ultima vez, não necessita dobrar de tamanho mas sim ficarem bem fôfos.
Coloque os pães no forno e deixe cozer por cerca de 20 minutos.

Pão de hambúrguer cozidoPão de hambúrguer cozido-perto

Assim que estiverem cozidos, retire os pães do forno e deixe-os arrefecer no tabuleiro (quando os retirar do forno vão estar meio firmes, mas ao arrefecer já ficam com a crosta mais suave).
Depois é só utilizar.

Nós grelhámos os hambúrgueres (a receita já postei aqui), salteámos uma lata de cogumelos em azeite e alho e grelhámos uma cebola. Depois cortámos os pães ao meio, na parte de baixo colocámos queijo, depois o hambúrguer, molhos a gosto (eu usei maionese e ketchup), seguido da cebola, cogumelos, alface e tapámos com a parte de cima do pão.
Acompanhámos com batatas fritas.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 16 de outubro de 2012 3 comentários

Prenda das Fábricas Lusitana

Recebi esta prenda das Fábricas Lusitana que me deixou muito feliz.

Panos da espiga

São dois paninhos lindos alusivos ao tema tradicional Português, o Fado. Um deles tem uma guitarra Portuguesa e o outro um xaile.
O meu muito obrigado ás Fábricas Lusitana por estes miminhos, adorei.

Beijinhos doces.

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 12 de outubro de 2012 9 comentários

Pipis

A minha sogra cria frangos, patos e perus e tem o hábito de guardar as miudezas dos ditos quando os mata para nos dar, ela sabe que nós gostamos muito. Normalmente costumo colocar na canja, mas desta vez resolvi fazer uns pipis, pois já há imenso tempo que não fazia e nós adoramos. Eu gosto assim com o molho bem grossinho, mas claro podem fazer um pouco mais liquido, é como preferirem. Fiz assim:

Pipis-empratado

Ingredientes:


500 gr (+-) de pescoços, fígados e moelas de peru ou frango cortadas em pedaços 
250 ml polpa de tomate
1/2 cebola picada
2 folhas de louro
3 dentes de alho picados
Sal, pimenta e piripiri em pó q.b.
1 dl de vinho branco
1 dl de azeite
Água q.b.

Modo de preparação:

Na panela ou tacho de pressão coloque todos os ingredientes e tape com água, leve ao lume por cerca de 30 minutos (só conta quando começa a apitar). Findo esse tempo, certifique-se de que ficou tudo cozido e rectifique os temperos.
Sirva acompanhado com arroz branco e uma salada a gosto.

Pipis

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 8 de outubro de 2012 9 comentários

Melhores blogues Portugueses de culinária

É com muita felicidade e muito orgulho que venho transmitir a todos os meus seguidores que este blog foi considerado um dos melhores blogues Portugueses de culinária pelas Fábricas Lusitana.

image001

Agradeço desde já à Lusitana pela distinção e também a todos (as) vós que me seguem diariamente.

Um bem haja para todos (as).

Piteca

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 4 de outubro de 2012 11 comentários

Arroz doce com figos

Eu sei, chamem-me maluca ou lá o que quiserem, na verdade estava eu um destes dias a fazer um arrozito doce quando me lembrei que tinha uns figos no frigorifico a gritar por ajuda, estavam mesmo a passar o prazo… Escusado será dizer o que fiz, não? Eh Eh…

Arroz doce com figos Arroz doce com figos- mperto

Modo de preparação:

A receita é simples, fiz um arroz doce normal, que já aqui postei a receita , adicionei-lhe uma saqueta de pudim de baunilha dissolvido em leite e depois de pronto misturei-lhe uns quantos figos triturados. Coloquei numa travessa, deixei arrefecer um pouco e polvilhei com canela. Se estava bom?! Pelo menos desapareceu… ;)

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 2 de outubro de 2012 10 comentários

Massada de raia

Não deve de haver muita gente que não saiba fazer este prato, mas deixo aqui a receita como eu a faço, nem que fique como sugestão para o jantar de hoje! ;)

Massada de raia

Ingredientes:

1 raia grande partida em pedaços
1 cebola média
3 dentes de alho
1 folha de louro
3 tiras de pimento
1/2 caldo de peixe
1 dl de azeite
200 ml de polpa de tomate (se preferir utilize 2 ou 3 tomates bem maduros)
Massa cotovelo ou outra a gosto (eu desta vez usei fusili tricolor, pois era o que tinha) q.b.
Sal q.b.

Modo de preparação:

Num tacho faça um refogado com a cebola e os alhos picados, o louro e o azeite. Quando a cebola amolecer, deite o knorr, a polpa de tomate e o pimento. Acrescente a raia, tape com água e tempere de sal. Assim que começar a ferver deite a massa e deixe cozer. Quando esta estiver cozida está pronto.
A gosto pode polvilhar com coentros ou salsa picada.

Massada de raia no tacho

Nota: Se preferir pode utilizar outro tipo de peixe, também fica muito bom com tamboril, por exemplo.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;