quinta-feira, 30 de agosto de 2012 11 comentários

Alheira cozida

Muitas pessoas se queixam em relação ás alheiras, pois quando as tentam cozer ou fritar estas acabam por rebentar. Eu sinceramente não costumo ter esse problema e por isso decidi explicar aqui como faço as minhas, talvez assim consiga ajudar algumas dessas pessoas. Em relação ás alheiras cozidas, faço assim:

Alheira cozida

Em cada alheira espeto um palito em ambas as pontas bem juntinho ao cordel. Depois coloco a alheira dentro de um tacho e tapo-a com água. Levo ao lume e assim que começa a ferver nunca deixo estar mais de 10 ou 15 minutos no máximo. Assim que passa esse tempo, retiro a alheira para um prato e sirvo com uma saladinha de alface. Nunca falha!

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 28 de agosto de 2012 7 comentários

Terrina vitral vegan

Esta foi uma experiência que eu fiz, para que o amigo RN também tivesse direito a sobremesa quando fizemos o jantar do nosso aniversário. A receita original pede natas, que toda a gente sabe que os vegans não comem, por isso resolvi alterar um pouco a versão original. Se foi aprovada? Eu penso que sim, pelo menos ele fartou-se de comer e ainda levou o que sobrou, isso há-de querer dizer alguma coisa…eh eh! Eu própria também provei um pouco e adorei.
Fiz assim:

Terrina vitral VeganTerrina vitral Vegan.

Ingredientes:

1 pacote de gelatina vegetal de morango  (ou outra a gosto)
1 pacote de gelatina vegetal de tutti frutti ( ou outra a gosto)
1 pacote de gelatina vegetal de ananás (ou outra a gosto)
250 gr de Bebida de arroz ( podem usar outra a gosto)
100 gr de açúcar
3 folhas de gelatina vegetal incolor

Modo de preparação:

De véspera prepare a gelatina de morangos e a de tutti frutti conforme indicado na embalagem e leve ao frigorifico. No próprio dia, prepare a gelatina de ananás e deixe-a arrefecer um pouco.
Entretanto misture a bebida de arroz com o açúcar. Adicione a gelatina de ananás e misture muito bem. Demolhe as folhas de gelatina por 5 minutos em água fria e leve-as ao micro ondas a derreter. Deite a gelatina derretida no preparado de bebida de arroz e misture bem.
Corte as gelatinas preparadas no dia anterior em cubinhos e distribua-os no fundo de uma forma redonda forrada com película aderente. Por cima destes deite o preparado de bebida de arroz e leve ao frigorifico até que solidifique.

Sirva bem fresco.

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 24 de agosto de 2012 5 comentários

Raia alhada

Há dias tirei uma raia para fazer para o jantar, mas queria fazer algo diferente com ela. Vim aqui cuscar pela net  a ver se me aparecia alguma coisa que me agradasse. Fui dar com esta receita aqui e resolvi experimentar, não fiz tal e qual como diz na receita, mas andei lá perto.... Eh Eh! Tanto eu como o meu homem adorámos, fica realmente uma delicia, a repetir, sem dúvida!
Aqui fica a receita, como eu a fiz:

Raia alhada

Ingredientes:

1 raia grande, sem pele e cortada para fritar
10 dentes de alho com casca esmagados
100 ml de azeite
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Numa frigideira coloque os alhos e o azeite e leve ao lume até que comece a fervilhar.

Raia alhada-inicio

Adicione então os pedaços de raia e tempere de sal e pimenta a gosto.

Raia alhada-confecção 

Deixe fritar, até que a raia fique bem cozinhada e dourada.

 Raia alhada-frita

Sirva de seguida. Eu servi a minha com estas batatinhas que já postei aqui.

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 22 de agosto de 2012 6 comentários

Tarte de pêras

Tinha aqui umas quantas pêras que me foram oferecidas pelo meu padrasto, muito boas devo dizer e até nem eram muitas, mas a juntar a todas as outras frutas que por aqui já tinha… Então para ajudar a acabar com elas resolvi fazer esta tarte que vi aqui neste cantinho, para lhe oferecer a ele pois era o dia do seu aniversário! Como não tenho Bimby, fiz à lá maneira tradicional e resultou muito bem na mesma! 
Desapareceu num instantinho, escusado será dizer que todos adoraram, o padrasto então ficou todo contente…eh eh!
Aqui fica a receitinha como eu fiz:

Tarte de pêrasTarte de pêras-angulo 

Ingredientes:

1 copo de farinha
1/2 copo de açúcar
1 copo de leite
3 ovos
1 colher (sobremesa) de fermento Royal
6 pêras
geleia para pincelar ( usei mel)

Modo de preparação:

Misturar na liquidificadora a farinha, o açúcar, os ovos, o fermento e 3 pêras (peladas e limpas) e bater até que fique um creme liso e sem grumos.
Untar uma forma com fundo amovível com manteiga e polvilhar com farinha, deitar dentro o creme, colocar as restantes pêras em fatias e levar ao cozer no forno a 180º durante 50-60 minutos.
Desenformar, pincelar com um pouco de geleia dissolvida (usei mel aquecido no micro ondas).

Tarte de pêras-perto

Nota: A medida do copo é de 250 ml.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 17 de agosto de 2012 8 comentários

Tarteletes de abacaxi

Vi estas tarteletes no blog da amiga Ratolinha e como tinha um abacaxi no frigorifico já a querer passar o prazo de validade, resolvi logo fazer. São bem rápidas de fazer, não são muito doces e ficam bem fôfinhas, uma maravilha. Aqui fica a receitinha, fiz tal e qual, não mudei nada.

Tarteletes de ananás

Ingredientes:

Abacaxi q.b.
12 colheres de sopa de farinha de trigo com fermento
8 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de leite
4 colheres de sopa de óleo
1 colher chá de fermento em pó
4 ovos

Modo de preparação:

Misturar todos os ingredientes, menos o ananás e bater com a batedeira até misturar tudo. Untar as formas das tarteletes com margarina e distribuir a massa.
Partir o ananás aos bocados e distribuir pelas forminhas.

Tarteletes de ananás-enformadas

Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC até cozer.
Demorou cerca de 20 minutos.

Tarteletes de ananás-cozidas 

Deixe arrefecer um pouco e desenforme.

Tarteletes de ananás-interior

Bom apetite!

Ratolinha, muito obrigada pela partilha! ;)

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 13 de agosto de 2012 8 comentários

Truta salmonada assada com limão e vinagre balsâmico

Há tempos resolvi comprar esta truta no mercado, resolvi, quer dizer…  eu nunca tinha provado tal coisa, mas a peixeira que a estava a vender lá me conseguiu convencer a trazê-la( elas conseguem ser muito convincentes, loool) Nem sabia muito bem o que havia de fazer com ela, mas lá acabei por me desenrascar. Apeteceu-me fazer algo diferente do habitual, então depois de dar uma vista de olhos aos ingredientes que por aqui tinha, pus mãos à obra e toca de improvisar! Resultado: Adorámos, o peixe é delicioso, quase que se desfaz na boca, uma maravilha!
Eu fiz assim:

Truta salmonada assada com limão e vinagre balsâmico

Ingredientes:

1 truta salmonada grande
1 limão grande
1/2 caldo knorr de peixe
2 colheres (sobremesa) de massa de alho
100 ml de vinagre balsâmico
2 folhas de louro
Sal e pimenta q.b.
Batatinhas para acompanhar q.b.

Modo de preparação:

Coloque num recipiente de ir ao forno a truta já lavada e com uns golpes dos dois lados. Disponha as batatas já descascadas e lavadas também no recipiente. Acrescente os restantes ingredientes, e esfregue bem a truta e as batatas com estes. Leve ao forno a 180ºC até que as batatas fiquem assadas (quando estiverem a truta também está). Vá regando o peixe e as batatas com o próprio molho à medida que vão assando para que não sequem.
Sirva com uma salada a gosto.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 9 de agosto de 2012 4 comentários

Pudim fácil de leite em pó e ananás

Esta receita retirei da revista delícias da culinária nº21. Em vez de fazer com o caramelo tradicional fiz com uma calda de chocolate, também retirada desta revista, para ser diferente e como tinha um resto de um ananás a estragar-se no frigorifico resolvi juntar-lhe também. Ficou uma delicia, a repetir, sem dúvida.
Aqui fica a receita:

Pudim fácil de leite em póPudim fácil de leite em pó.

Ingredientes:

Pudim:

3 chávenas (chá) de açúcar (achei muito por isso coloquei apenas 1 chávena e mais um pouco)
3 chávenas (chá) de leite em pó
2 chávenas (chá) de água em temperatura ambiente
4 ovos
1 colher (sopa) bem cheia de farinha maisena
Restos de ananás q.b.

Calda:

1 chávena (chá) de açúcar
1 chávena (chá) de chocolate em pó
1/2 chávena (chá) de água em temperatura ambiente

Modo de preparação:

Calda: Numa panela coloque o açúcar, o chocolate e a água. Misture bem, leve ao lume médio e deixe cozinhar até formar uma calda como caramelo. Espalhe numa forma de pudim e reserve.
Pudim: Bata no liquidificador o açúcar, o leite em pó, a água, os ovos, o ananás e a farinha maisena até ficar com uma mistura homogénea. Despeje na forma caramelizada e leve ao forno, pré-aquecido, em banho-maria, coberto com papel de alumínio, por aproximadamente 40 minutos ou até firmar totalmente (eu cozi na panela de pressão, como faço sempre). Depois de cozido deixe arrefecer um pouco e depois leve ao frigorífico por 2 horas antes de desenformar e servir.

Pudim fácil de leite em pó-fatia

Eu decorei com enfeites que fiz com o caramelo que sobrou.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
domingo, 5 de agosto de 2012 6 comentários

Jaquinzinhos (Carapaus fritos)

O que eu adoro isto! E então encontrei-os bem pequenos no mercado, mesmo como gosto, comprei logo! Penso que todos sabem como se faz esta maravilha, mas fica a sugestão.
Eu faço assim:

Jaquinzinhos fritos

Ingredientes:

1 kg de carapaus pequenos já amanhados e lavados
Sal q.b.
Farinha de milho q.b. (se não tiver pode usar a de trigo, que foi o que fiz neste caso)
Vinagre a gosto
Azeite q.b. (se preferir pode usar óleo)

Modo de preparação:

Tempere os carapaus com sal, passe-os pela farinha e frite-os no azeite. Assim que estiverem fritos retire-os para uma travessa com papel de cozinha para que estes escorram. Regue-os com o vinagre e sirva. Eu costumo servir com um arrozinho de tomate.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;