domingo, 23 de maio de 2010 9 comentários

Doce com molho gemada

Esta receita retirei da revista Mulher Moderna na cozinha nº 19.
Já a fiz algumas vezes e devo dizer que é uma maravilha e agora com o calor que se faz sentir sabe muito bem fresquinha!
Como desta vez não tinha palitos de champanhe nem bolacha maria, que normalmente é o que uso, resolvi experimentar com umas madalenas de chocolate esmigalhadas. Não ficou mau, mas prefiro com a bolacha maria, fica bem mais saboroso! :)
Então aqui fica a receitinha:



Ingredientes:

200 gr de palitos de champanhe
4 dl de natas
3 claras ( eu ponho as 4 para não estragar a que sobra)
50 gr de açúcar

Para o molho gemada:

4 gemas
4 colheres (sopa) de açúcar
8 colheres (sopa) de leite

Modo de preparação:

Triture os palitos de champanhe até ficarem em pó. Reserve.
Bata as natas e as claras separadamente e a estas ultimas junte o açúcar. Bata mais um pouco. Envolva as natas com as claras e reserve no frigorífico.
Prepare agora o molho gemada: Misture as gemas com o açúcar e adicione o leite, mexendo sempre. Leve ao lume até engrossar ligeiramente. Deixe arrefecer.
Em taças de servir, disponha camadas alternadas de palitos moídos e do creme de natas. Regue com o molho gemada e polvilhe com mais biscoitos. Sirva bem fresco.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
quinta-feira, 13 de maio de 2010 7 comentários

Indignação!!


Imagem retirada da net

Retirei este texto de uma página do facebook de um amigo meu e resolvi postar aqui para que todos tenham conhecimento dos maus tratos que infelizmente ainda existem no nosso pais e mais grave, em LOCAIS ditos SAGRADOS! Vejam só:

" O ESCANDALO do Santuário de Fátima em relação ao abate de animais é conhecido de muitos, mas ninguém ainda conseguiu parar esta crueldade.
As ordens partem da Reitoria do Santuário, para que todos os cães que apareçam por Fátima, quer sejam adultos ou cachorros, quer tenham donos ou não, são capturados pelos seguranças e colocados numa caixa.
Esta caixa está mesmo nas traseiras do Santuário, no local das oficinas.
Ali ficam os cães durante algumas semanas, ao frio e à chuva, de Inverno, à chapa do sol no Verão.
Sem direito a comida ou água, num espaço minimo onde a maioria nem se consegue colocar de pé...
Existem alguns seguranças que não levam os cães capturados para este local, conseguem levar alguns para casa e adoptam-nos ou arranjam donos entre os seus vizinhos ou colegas de trabalho. Boa gente esta que sofre em ver os animais assim tratados, mas que se sente impotente com a ameaça de perderem os seus empregos.
Mas existem também dois seguranças, que violentam cruelmente os animais, com foices de podar oliveiras, dando com elas nas pernas dos cães que ficam em carne viva, a sangrar e com grandes cortes extremamente dolorosos e muitas vezes as pernas partidas.
Esses cães são posteriormente levados para esta caixa, permanecendo até que a carrinha da câmara de Ourém tenha tempo para os vir buscar. Lá, são colocados, já muito debilitados, para abate, e são-no todos num prazo de poucos dias.
Quem nos informou disse-nos também, que os cães que lá estão, vivem os poucos dias que lhes resta em condições extremamente miseráveis.
A Câmara Municipal de Ourém tem prometida (à demasiado tempo) a construção de um canil para recolher animais abandonados e o não abate de animais, mas como não existe interesse da Câmara nem pressão suficiente pela parte de quem abomina esta situação, para a construção do dito canil de protecção de animais perto de Fátima, vai adiando e esquecendo esta promessa e vai gastando a verba que já tinha disponivel para esta constução em outras obras que lhes dão mais votos aquando das autárquicas.
A FAA soube também que existe um engenheiro que reporta directamente à reitoria do santuário que deixa veneno (de acção ultra rápida) para matar alguns cães mais dificeis de apanhar...
Não conseguimos ter acesso ao seu nome, mas sabemos que existe apenas um engenheiro com funções ligadas à área verde que circunda o santuário.
Mais graves a situação se torna de algum tempo para cá, que os cães depois de serem colocados na caixa, desaparecem antes que a carrinha da câmara os venha buscar, ou tenha conhecimento que eles lá estão.
Pensamos que são abatidos por alguns trabalhadores do santuário, porque os cães ladram à noite e podem incomodar os turistas, ou podem levantar suspeitas de maus tratos contra os animais prepertados num local "sagrado".
Não sabemos quantos animais foram mortos com a chegada do 13 de Maio e com a vinda do actual representante da Igreja Católica a Fátima, mas acreditamos que quem lá for, não vê nenhum cão, porque as ruas foram limpas, tal como é sempre feito com uma regularidade impressionante.
Esta é uma situação abominável, pela parte de quem se diz representante de Deus, não é compreensivel tamanha crueldade num espaço que querem fazer sagrado e que eles próprios profanam e o sujam de morte e sangue.
Deixamos aqui o contacto do Santuário, para quem quiser mostrar a sua indignação perante esta monstruosa atitude.
Peçam para encaminhar a vossa chamada para a reitoria: 249539600
Deixamos também os contactos de email: http://www.santuario-fatima.pt/portal/index.php?id=2891
A Frente de Acção Animal agradece a todos, e todos juntos vamos conseguir acabar com este crime para com os animais."

Sinceramente, eu espero que sim, mas infelizmente não é fácil, tenho muita pena não só dos pobres animais que já sofreram mas dos que continuam e vão continuar sempre a sofrer, porque infelizmente gente desumana, sem qualquer tipo de sentimentos, vão continuar sempre a existir neste mundo. Só desejo as estas pessoas o triplo daquilo que elas desejam aos pobres dos animais!
Ah e deixem-me dizer que, pelo menos para mim, tão culpado é o que faz como o que assiste, os trabalhos substituem-se, mas as vidas não!!

Beijinhos para todas as pessoas de coração que choram (como eu) ao verem estas tristes noticias.
Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;