sexta-feira, 28 de novembro de 2008 1 comentários

Lombo de porco recheado

Nunca na minha vida tinha feito uma coisa destas... Ah Ah Ah Ah!!! Aqui à dias resolvi arriscar, andei a pesquisar pela net para ter uma ideia de como era feito e depois lá fui eu para a cozinha... :D
Acho que para primeira vez até não me sai muito mal...loool
Pelo menos o meu homem adorou, e eu também, ficou com um saborzinho óptimo. ;)
Ora a receitinha é a seguinte:



Ingredientes:

1 lombo de porco
3 linguiças
2 ovos cozidos
1,5 dl de azeite
2 dl de vinho tinto
1 dl de polpa de tomate
sal, pimenta e alho em pó q.b.

Modo de preparação:

Comece por cortar o lombo, já lavadinho, de modo a poder recheá-lo. Tempere-o de sal e pimenta e disponha as linguicas e os ovos cortados ao meio. Enrole o lombo e ate-o de modo a não se abrir quando estiver a cozer ( como eu não tinha fio utilizei mesmo a técnica do palito...loool). Ponha o lombo num tabuleiro e tempere-o com o sal, a pimenta, o alho em pó, o azeite, a polpa de tomate, o vinho tinto, e um pouco de água. Leve ao fôrno a assar.



Depois de assado, corte-o em fatias e sirva, por exemplo, com um arrozinho branco, que foi o que eu fiz. :)

Bom apetite! Print Friendly and PDF
quinta-feira, 27 de novembro de 2008 4 comentários

Bolo de claras, pêras e amêndoa

Tinha umas claras no frigorifico à espera de destino e então resolvi fazer este bolinho meio improvisado... Tirei umas ideias daqui e dali e pús mãos a obra... :)
O resultado foi este:



Ingredientes:

6 claras
2 pêras
150 gr de açúcar
120 gr de farinha com fermento
70 gr de margarina
50 gr de amêndoa picada
essência de baunilha q.b.
Canela e açúcar q.b.

Modo de preparação:

Bata as claras em castelo bem firme, junte o açúcar, a farinha peneirada, a margarina derretida, a essência de baunilha e a amêndoa picada. Unte uma fôrma rectângular com margarina e polvilhe com farinha. Deite a massa na fôrma e reserve. Descasque as pêras e corte-as em meias luas. Disponha-as em fila por cima da massa, polvilhe com açúcar e canela e leve ao fôrno pré-aquecido, a cozer. No final desenforme e delicie-se.



Este bolinho ficou super fôfinho e muito, mas mesmo muito saboroso. Aconselho mesmo a experimentarem. :)

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
quarta-feira, 26 de novembro de 2008 2 comentários

Quanto tempo uma mulher fica sem respirar?

Vi este video na net e não pode deixar de o partilhar convosco, está mesmo hilariante!!! Ah Ah Ah...



Espero que gostem... :)
Beijocas! Print Friendly and PDF
2 comentários

Bifinhos de perú em tomatada

Fiz uma tomatada para gastar uns tomatinhos que tinha no frigorifico e que já estavam a ficar demasiado maduros, mas não me estava a apetecer a tomatada como é costume eu fazê-la, ou seja com os ovinhos escalfados. Atão pús a cabecinha a funcionar e o resultado foi este! Ficou muito bom e sempre foi uma refeição um bocadinho diferente... :)



Para a tomatada já aqui postei a receitinha, foi como a fiz. Depois temperei os bifes de perú com 2 dentes de alho, sal e pimenta e grelhei-os na chapa. Pús os bifes numa frigideira e reguei-os com a tomatada. Servi com umas batatinhas fritas.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
terça-feira, 25 de novembro de 2008 1 comentários

Rojões com cogumelos e natas

Esta é mais uma daquelas receitinhas rápidas de fazer e muito saborosas... :)



Ingredientes:

1 kg de rojões
1 lata de cogumelos
1 pacote de natas
2 alhos
1 cebola média
1,5 dl de azeite
sal e pimenta q.b.
Batatas fritas aos cubinhos para acompanhar

Modo de preparação :

Numa frigideira, pique os alhos e a cebola e deite o azeite, leve ao lume e deixe dourar um pouco. Adicione os cogumelos e deixe fritar mais um pouco para ganharem sabor. Deite-lhe os rojões já lavados, tempere de sal e pimenta e deixe a carne fritar. Quando esta estiver pronta, junte as natas e deixe engrossar um pouco. Sirva junto com as batatinhas fritas e, se quiser, uma saladinha a gosto.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
segunda-feira, 24 de novembro de 2008 9 comentários

Torta de maçã

Mais um improviso aqui da je...Era para ser um simples bolinho de maçã, mas acabou por se tornar uma torta....Ah Ah Ah!



Ingredientes:

4 maçãs
3 ovos
100 gr de açúcar branco
50 gr de açúcar amarelo
150 gr de farinha com fermento
1/4 de copo de óleo
4 gotinhas de essência de baunilha
açúcar e canela para polvilhar q.b.

Modo de preparação:

Misture todos os ingredientes, menos as maçãs, misture muito bem e deite numa fôrma quadrada ou rectângular, ( não muito grande) untada de margarina e forrada com papel vegetal novamente untado. Descasque as maçãs, corte-as em meias luas e ponha-as num recipiente com água e sumo de limão, para estas não escurecerem. Distribua as meias luas de maçã por cima da massa, polvilhe com açúcar e canela e leve ao fôrno, pré-aquecido a 170ºc, a cozer durante cerca de 20 minutos. Depois de cozido desenforme o bolo para cima de uma folha de papel vegetal e volte a virá-lo de modo a ficar com as maçãs para cima. Enrole com muito cuidado e deixe ficar assim um pouco. Transfira a torta para uma travessa e delície-se.



Esta torta ficou muito fôfa e meio húmida, uma delícia!

Bom apetite! Print Friendly and PDF
sexta-feira, 21 de novembro de 2008 5 comentários

Lombinhos de pescada com molho de marisco

E, para não ser sempre carne, desta vez aventurei-me com uma receitinha nova de peixe... A receitinha fui buscar aqui, mas acho que não me correu tão bem porque o molhinho não ficou cremoso, como eu estava à espera que ficasse... Também não pús a quantidade certa de creme de marisco, pois o que eu tinha já não era muito...talvez tenha sido por isso! Mas até não ficou mal de todo...para a próxima tenho de fazer a receitinha mesmo certa para ver se me sai melhor... :)



Ingredientes:

lombos de pescada temperados com sal e limão
3 colheres sopa de pó de creme de marisco
3dl de leite


Modo de preparação:

Num tachinho, colocar o leite e o pó do creme de marisco, misturar com a vara de arames de modo a não ficarem grumos. Levar ao lume até engrossar e ficar um creme espesso.
Num refractário, colocar um pouco de creme, colocar o peixe por cima e cobrir com o restante creme. Levar ao fôrno a gratinar por cerca de 20 minutos.

Eu acompanhei com um puré de batata.



Bom apetite! Print Friendly and PDF
1 comentários

Empadão de carne

Este é um pratinho super simples mas que sabe sempre tão bem...Não deve de haver muita gente que não o saiba fazer, mas vou pôr a receitinha na mesma, nem que fique só como sugestão para hoje ao jantar...quem sabe? Ah ah... A foto não é das melhores porque foi tirada com o telemóvel, mas dá para perceber... :)



Ingredientes :

0,5 kg de carne picada
1 cebola média
2 dentes de alho
1 folha de louro
1 knorr de carne
1,5 dl de azeite
2 dl de polpa de tomate
1 dl de vinho branco
Arroz de manteiga q.b.
2 ovos
rodelas de chourição q.b.
sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Num tacho, ponha a cebola e os alhos picados, o azeite, o louro e leve ao lume até dourar. Adicione o knorr, a polpa de tomate e o vinho branco e deixe tomar gosto. Neste momento, junte a carne, tempere de sal e pimenta, tape e deixe cozer. Num refractário ponha uma camada de arroz, porcima ponha a carne e tape com o restante arroz. Bata os ovos e espalhe-os por cima do empadão, disponha as rodelas de chourição e leve ao forno para tostar a parte de cima. Se quizer em vez de utilizar o arroz, pode utilizar puré de batata. Sirva com uma saladinha a gosto.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
quinta-feira, 20 de novembro de 2008 1 comentários

Queques marmoreados

Já à muito tempo que não me aventurava a fazer estas delícias! Aqui à dias lembrei-me e pús as mãos à massa. :)
Ficaram uma maravilha estes queques, super fôfinhos e com um sabor.... desapareceram num instantinho! :P



Ingredientes:

200 gr de farinha com fermento
150 gr de açúcar
100 gr de margarina
2 ovos
1/2 copo de leite
3 gotas de essência de baunilha
50 gr de cacau em pó
margarina e farinha q.b.

Modo de preparação:

Num tacho, deita-se o leite e a margarina e leva-se ao lume até ferver. Num recipiente à parte juntam-se muito bem as gemas com o açúcar. Adiciona-se o leite e a essência de baunilha e mexe-se bem. Finalmente junta-se a farinha alternada com as claras batidas em castelo. Divide-se esta massa em duas e a uma junta-se o cacau em pó, misturando muito bem.
Untam-se as forminhas com margarina e polvilham-se com farinha.




Com uma colher de sobremesa, vão-se deitando pequenas colheradas de creme, nas fôrmas, alternadas, ou seja, uma de creme de baunilha e uma de chocolate.



Vão-se pondo colheradas até chegar ao meio das fôrminhas.



Dispõem-se as fôrminhas num tabuleiro de ir ao fôrno e levam-se a cozer em fôrno pré-aquecido, durante cerca de 15 minutos.



Depois de cozidos...



Mas quem é este aqui tão só? :)
Como sobrou um pouco de massa de baunilha fiz mais um queque de baunilha...

Esta receita rendeu-me 11 queques, a contar com o solitário! :D

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
quarta-feira, 19 de novembro de 2008 1 comentários

Tarte souflê de frango

Retirei esta receita daqui. Já a tinha feito uma vez, mas como não cheguei a tirar fotos na altura não postei aqui a receita. Na verdade, como o meu homem, na altura, simplesmente adorou, não me preocupei muito pois já sabia que iria ter de voltar a fazê-la em breve... :)
Bem dito e bem feito...cá está ela! Deixem-me dizer que realmente vale a pena fazê-la porque ela é simplesmente delíciosa! Fiz umas pequenas alteraçõezitas, mas acreditem que valeu a pena...
Aqui vai :






Ingredientes:

Recheio:

1 base de massa folhada
1 frango pequeno
2 dentes de alho
1,5 dl de azeite
1 cebola média
1,5 dl de polpa de tomate
1 knorr de galinha
4 colheres ( sopa) de azeitonas ás rodelas
sal q.b.

Creme:

400 ml de leite
3 colheres (sopa) de maizena
3 ovos
1 xícara de queijo ralado
salsa picada q.b.
sal fino q.b.
queijo ralado e pão ralado q.b. para polvilhar

Modo de preparação:

Coza o frango em água e sal na panela de pressão. Depois de cozido desfie e reserve.
Unte uma tarteira de fundo amovivel com margarina e forre com a massa folhada.
Num tacho ponha os dentes de alho e a cebola picados, o azeite, e o knorr e leve ao lume até dourar. Junte a polpa de tomate, o frango, as azeitonas e tempere com um pouco de sal. Reserve.
Num recipiente à parte misture o leite com a maizena e depois acrescente as gemas, o queijo ralado, a salsa e o sal. Junte esta mistura à do frango e misture muito bem. Por último, envolva as claras batidas em castelo. Coloque este recheio na fôrma, polvilhe com queijo ralado e com pão ralado e leve ao fôrno até a massa ficar cozida e a tarte ficar douradinha por cima.
Eu acompanhei com umas batatinhas fritas, mas pode acompanhar também com uma simples saladinha é como preferir.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Hambúrgueres de porco na frigideira

Uma forma diferente de preparar os hambúrgueres...



Ingredientes:

Hambúrgueres de porco congelados q.b.
3 dentes de alho
100 gr de margarina
1 folha de louro
1 knorr de carne
2 dl de vinho tinto
1 dl de azeite
sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Numa frigideira, deite os alhos cortados em fatias finas, o azeite, a margarina, o louro , o vinho tinto, o knorr, uma pitadinha de sal( não muito porque os hambúrgueres já estão temperados) e pimenta. Leve ao lume até a margarina derreter, deite-lhe os hambúrgueres, tape e deixe fritar. Sirva acompanhado com umas batatinhas fritas ou um esparguete e uma saladinha a gosto.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
terça-feira, 18 de novembro de 2008 2 comentários

Cheira a Natal !!!!

É verdade, apesar de ser uma grande fã do verão, simplesmente adoro este tempinho em que nós saímos à rua e já começamos a sentir o cheirinho das lareiras acesas, o que nos dá aquela ligeira sensação de aconchego no coração! Já se comecam também a ver as ruas e as lojas enfeitadas! Acho que mesmo as próprias pessoas começam a mudar um pouco! Começa-nos a tocar uma certa nostalgia, porque se aproxima uma época de paz, amor, e talvez um pouco de esperança de que no próximo ano as coisas possam vir a correr um pouco melhor! Enfim, o espirito do natal, que eu apesar de achar muito bom, acho que se deveria de manter o ano todo e não apenas nesta época...talvez assim o mundo fosse um pouco melhor! Penso eu...
E, claro, é talvez uma das poucas alturas do ano em que nós passamos mais tempo na cozinha a fazer as delíciosas golusices da época!
E aqui está um exemplo, fiz estes fritos de maçã e devo dizer que o cheirinho da canela a inundar a minha cozinha foi simplesmente divinal!! :)
E os fritos também não ficaram muito atrás, pelo menos o meu homem adorou... ;)
Aqui fica a receitinha:

BEIGNETS ( FRITOS) DE MAÇÃ



Ingredientes:

3 maçãs
1 colher ( sopa) de margarina derretida
150 gr de farinha
100 gr de açúcar
2 ovos
1 limão ( raspa)
1 dl de vinho branco
1 dl de leite
açúcar e canela q.b. para polvilhar

Modo de preparação:

Descasque as maçãs inteiras, corte-as em rodelas, retire-lhes o caroço e ponha-as em água e sumo de limão para estas não escurecerem. Reserve. Num recipiente à parte, misture muito bem todos os ingredientes até ficar com um polme não muito líquido. Passe as rodelas de maçã por este polme e leve a fritar em óleo bem quente. Depois de fritas ponha-as num prato com papel de cozinha para estas escorrerem.



Passe-as por açúcar e canela e disponha-as numa travessa de servir.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
segunda-feira, 17 de novembro de 2008 4 comentários

Tarte de feijão

Esta receita foi adaptada de uma outra receita que eu tenho de tarteletes de feijão, só que, em vez de fazer as ditas tarteletes, faço logo uma tarte, é mais rápido! :D
E é também uma delícia...

Tarte de feijão

Ingredientes:

300 gr de massa folhada congelada
500 gr de açúcar
2 dl de água
1 casca de limão
2 ovos
6 gemas
1 colher ( sopa) de farinha
1 lata pequena de feijão branco
2 colheres ( sopa) de côco ralado
1 colher ( sobremesa) de canela em pó
açúcar em pó q.b.

Modo de preparação:

Descongele a massa. Unte uma fôrma de tarte com margarina. Estenda a massa e coloque-a na fôrma. Reduza o feijão a puré. Leve o açúcar, a água e a casca de limão ao lume e ferva por dois minutos. Misture os ovos com as gemas e a farinha. Verta sobre estes a calda de açúcar, seguida do puré de feijão. Acrescente o côco e a canela e deixe em repouso por 15 minutos. Ligue o fôrno a 180º c. Mexa o creme que está a repousar e deite-o na fôrma. Polvilhe com açúcar em pó e leve ao fôrno. Desenforme e polvilhe com açúcar em pó.

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
sexta-feira, 14 de novembro de 2008 1 comentários

Espirais com chouriço e queijo

Era para fazer a massa simples com um pouco de manteiga, mas a imaginação começou a funcionar e pronto! Saiu isto! LOOOOL
E se estava bom...



Fiz assim: Num tacho fiz um refogado com cebola e alhos picadinhos e um pouco de azeite. Depois juntei o chouriço cortado em rodelas e depois em quatro. Adicionei a massa já cozidinha em água e sal e polvilhei com queijo ralado. Servi com umas entremeadas grelhadinhas.
Simples, rápido e eficaz... looool

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Língua de porco estufada

Eu adoro língua de porco, porque a carne é muito saborosa e fica sempre muito tenrinha depois de cozinhada. Já o meu homem não é grande fã, por isso quando faço é mesmo só para mim... :)
O que acaba por acontecer bastantes vezes até, o ter de cozinhar duas refeições porque um gosta e o outro não. Mas eu não me importo porque, no final o que importa é ficarmos ambos satisfeitos e de barriguinha cheia... eh eh eh
E assim sempre tenho mais receitinhas para partilhar com vocês... :P
Então eu faço assim:


Lingua de porco estufadaLingua de porco estufada-perto

Ingredientes:

3 línguas de porco
1 cebola media
3 dentes de alho
1 folha de louro
200 ml de polpa de tomate
1/2 caldo de carne
100 ml  de azeite
1 dl de vinho tinto
1 cenoura
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Escalde as línguas em água fervente e raspe-as, bem raspadinhas. Corte-as em fatias e reserve. No tacho de pressão, pique a cebola e os alhos, deite-lhe o azeite e o louro e leve ao lume a corar. Adicione a polpa de tomate, o caldo de carne e refresque com o vinho tinto. Junte a carne e a cenoura cortada aos cubos e tape com água. Tempere de sal e pimenta, tape o tacho deixe cozer por cerca de 30 minutos (assim que começar a apitar).
Acompanhei com arroz branco.


Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 13 de novembro de 2008 0 comentários

Bolo pudim

Fui buscar esta receitinha aqui! Devo dizer que é uma verdadeira tentação! Fantástico!
Só não o fiz exactamente da mesma maneira mas a receita é básicamente a mesma!
Aqui vai:



Ingredientes:

1l. leite
4 ovos
2 pudins intantâneos (dos velhos) -Eu usei dois de baunilha da boca doce
400gr de açúcar - Pús só 300 gr
2 colheres de sopa de farinha
raspa de um limão
margarina q.b.
farinha q.b.

Modo de preparação:

Misture muito bem todos os ingredientes no liquidificador e deite numa fôrma untada com margarina e polvilhada com farinha. Leve a cozer ao fôrno pré-aquecido. Desenforme apenas quando estiver frio.





Bom apetite!

Print Friendly and PDF
0 comentários

E o nome do Alentejano é...


(Foto retirada da net)

"A miúda vai à primeira festa da sua vida e, com medo dos avanços dos rapazes, pede conselho à mãe :
-Se os rapazes começarem a insistir muito, minha filha, pergunta que nome eles vão dar à criança. Vais ver, isso faz logo que eles desistam !
Assim foi.
No meio de uma dança, um Lisboeta diz :
-Vamos para o jardim atrás da piscina, miúda ?
Ela vai, mas quando o rapaz quer avançar ela pergunta :
-Que nome vamos dar à criança ?
O Lisboeta olha-a com surpresa, diz que se esqueceu da carteira no bar e sai.
Uma hora mais tarde repete-se a cena com um tipo do Algarve. Igualzinho, quando ela pergunta qual será o nome do filho, ele fica de pés frios e vai-se embora.
Chega um Alentejano. Vai com ela para o jardim. Começam com beijinho aqui, beijinho ali, e às tantas ele apalpa-lhe o peito.
Ela pergunta :
- Que nome vamos dar à criança ?
Ele continua e abre o vestido dela.
- Que nome vamos dar à criança ?
Ele pega nos peitinhos dela.
- Que nome vamos dar à criança ?
Ele tira-lhe o vestido e as cuecas ... e pimba ...
- Que nome ... ahhh ...vamos dar ... ahhhh ... à criança ?Ah ... Ahhhhhh ... Ahhhhhhhhhhhh ... -Que nome vamos ... não ... pares ...dar ... vai,vai ... vaiiiiiiiii ... à criança ????
Depois de acabarem, ela pergunta mais uma vez :
-E agora, qual vai ser o nome do nosso filho ?
Ele, triunfante, tira devagar o preservativo, levanta-se, olha para o alto, dá um nó firme no dito, e diz :
-Se ele conseguir sair daqui, vai chamar-se ... "Macgaiver" ! ..."

Sim, eu sei isto não é própriamente uma receita, mas eu gosto muito de anedotas, aliás de tudo o que me faça despertar uma boa gargalhada!!Espero que vocês gostem também, porque afinal, dizem que rir prolonga a vida!!! :)
Bjs Print Friendly and PDF
quarta-feira, 12 de novembro de 2008 5 comentários

Ovos mexidos com atum e azeitonas

Quando estamos naqueles dias maus... em que não sabemos o que fazer para o comer... e sinceramente, a vontade também podia ser maior... São os ovos, que estão sempre lá para qualquer emergência, que acabam por salvar a situação... É verdade, para mim, o ovo, é um alimento indispensável em qualquer cozinha! É daqueles alimentos em que tudo o que se possa fazer com ele acaba por ser rápido e muito eficaz....
E aqui está mais um exemplo, ficou uma delícia!



Ingredientes:

4 ovos
2 colheres ( sopa) de pickles picados
3 colheres ( sopa) de azeitonas em rodelas
1 lata de atum
1 colher ( sobremesa) de margarina
sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:

Leve uma frigideira ao lume com a margarina e deixe derreter. Junte os pickles e deixe fritar um pouco. Adicione então as azeitonas e o atum escorrido, deixe fritar mais um pouco. Num recipiente, bata os ovos e tempre-os de sal e pimenta. Deite na frigideira e misture tudo muito bem até os ovos cozerem. Pode acompanhar apenas com pão, com uma saladinha ou com uma sopa, básicamente, com o que quiser. Eu acompanhei com arroz de manteiga.

Nota: Para quem não sabe vêr quando um ovo está ou não em condições de ser ingerido, deite-o dentro de um copo com água. Se o ovo fôr ao fundo, está bom se flutuar, está estragado. Ou então, por via das dúvidas, partam-nos sempre, um a um, para um recipiente à parte assim poderão ver se está bom ou não sem estragarem o que estão a fazer.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Feijoada

Este é um daqueles pratos que convém serem feitos quando temos muita gente para comer! Porque senão acontece-vos exactamente o que me aconteceu a mim... fiquei aqui com feijoada para uma semana... ah ah ah ah! Pois é, porque por mais que me esforce não consigo fazer uma quantidade suficiente só para dois... é que leva tanta coisa que se torna mesmo impossivel... e estava-me a apetecer tanto... enfim... agora é até enjoar.... AH AH AH AH AH!!!!
Esta correu um bocadinho mal porque deixei as carnes cozer demais e acabaram por ficar muito desfeitas, mas acreditem que não foi por causa disso que não ficou boa na mesma... :)



Ingredientes:

1 orelha de porco
1 chispe
carne de porco para cozer ( qualquer parte serve)
1 farinheira
1 chouriço
1 morcela ou negra
2 latas de feijão manteiga cozido
2 cenouras grandes ( não pús)
1/2 cebola
3 dentes de alho
1,5 dl de azeite
1,5 dl de polpa de tomate
sal e pimenta q.b.
arroz de manteiga para acompanhar

Comece por cozer as carnes, os enchidos e as cenouras na panela de pressão em água e sal. Depois de cozidos corte-os em bocados. Reserve a água da cozedura . Num tacho, pique os alhos e as cebolas, junte o azeite e leve ao lume até dourar. Adicione então a polpa de tomate.



Junte-lhe as carnes...



Os enchidos e a cenoura...



E o feijão...



Adicione o molho onde cozeu a carne...



Rectifique os temperos e deixe ferver.



Acompanhe com um arroz de manteiga!

Nota: Como não tinha, não pús mas pode-se juntar também uma couve cozida. Fica muito bom.

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
terça-feira, 11 de novembro de 2008 2 comentários

Tarte de ananás

Esta tarte é uma verdadeira delícia! Aconselho-vos a experimentar...

Bolo de ananásBolo de ananás lateral

Ingredientes:

6 ovos
250 gr + 200 gr de açúcar
250 gr de farinha com fermento
125 gr + 50 gr de margarina
1 limão
1 lata de ananás em calda
100 gr de nozes picadas
metades de nozes q.b.
cerejas cristalizadas q.b.

Modo de preparação:

Espalhe 50 gr de margarina no fundo de uma fôrma redonda com 28 cm de largura. Polvilhe com 200 gr de açúcar. Disponha as rodelas de ananás no fundo da fôrma, entre estas, coloque meias nozes e, no centro do ananás, coloque cerejas cristalizadas. Bata as gemas com o açúcar até obter um preparado fôfo. Adicione a margarina derretida e a raspa da casca do limão e misture muito bem. Bata as claras em castelo e junte à massa alternadamente com a farinha peneirada. Por fim, deite-lhe as nozes picadas, o ananás que sobrou cortado em bocados pequenos (caso tenha sobrado algum) e metade do sumo da lata. Deite esta massa delicadamente sobre o ananás e leve a cozer em fôrno médio (170ºc) durante cerca de 50 minutos.

Bolo de ananás lateral perto

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
0 comentários

Pudim de caramelo com bolacha

Sabem aqueles dias em que nos apetece um docinho diferente, mas temos uma preguiça descomunal para fazer seja o que fôr? Sim, este foi um desses dias... LOOOL
Agarrei em mim, arrastei-me para a cozinha e fiz uma das coisas mais simples do mundo!
Tchanammmm:



É verdade, peguei em duas saquetas de pudim de caramelo boca doce e fiz normalmente, depois, nas tacinhas, enchi até meio com o pudim, pús bolacha maria picada e acabei de encher com o pudim. No fim, voltei a polvilhar com bolacha picada.
Nada mais simples e ficou tão, mas tão bom.... :)



Bom apetite!
Print Friendly and PDF
segunda-feira, 10 de novembro de 2008 0 comentários

Potas recheadas

Não tinha nenhuma ideia de como fazer o recheio, andei a pesquisar pela net e acabei por fazer uma mistura de vários... loool
Mas acabaram por ficar muito saborosas...



Ingredientes:

Potas q.b. ( eu pús 8)
2 ovos cozidos
1 cebola média
4 alhos
3dl de polpa de tomate
2 dl de azeite
1,5 dl de vinho branco
1 knorr de peixe
Salsa picada q.b.
batatas q.b.
sal e pimenta q.b.
palitos q.b.

Modo de preparação:

Lave as potas e retire-lhes as tripas e a pele. Reserve. Num tacho, deite metade da cebola e 2 alhos picadinhos, o azeite e leve ao lume até corar a cebola. Deite-lhe metade da polpa de tomate e metade do vinho branco e deixe ferver. De seguida, deite os tentáculos cortados em bocadinhos bem pequeninos tempere de sal e pimenta e deixe cozer. Retire o tacho do lume e adicione os ovos esmagados. Mexa bem, e recheie as potas, fexando-as de seguida com um palito. Num tacho deite a restante cebola e os alhos picadinhos, o azeite e leve ao lume até corar, deite a restante polpa de tomate e o knorr de peixe. Refresque com o restante vinho branco e deite-lhe as potas. Acrescente água até estas ficarem tapadas e tempere de sal e pimenta, tape e deixe cozer. Adicione a salsa picadinha e deixe tomar sabor. Sirva com as batatinhas cozidas em água e sal.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Bifes de porco grelhados com esparguete de tomate

Porque de vez em quando também sabem bem umas refeições mais leves... :)




Ingredientes:

Bifes de porco q.b.
4 alhos
1/2 cebola
1,5 dl de azeite
2 dl de polpa de tomate
1 knorr de galinha
esparguete q.b
Pimento q.b.
sal e pimenta q.b.
pickles q.b.

Modo de preparação:

Tempere os bifes com 2 alhos, sal e pimenta. Reserve. Ponha um tacho ao lume com a cebola e os restantes alhos picados, o pimento e o azeite. Deixe corar um pouco e deite a polpa de tomate e o knorr. Adicione água e tempere de sal. Deixe ferver. Junte-lhe o esparguete e deixe cozer. Entetanto grelhe os bifes e, no final, sirva tudo junto com uns pickles picadinhos e uma saladinha.

Bom apetite!
Print Friendly and PDF
sexta-feira, 7 de novembro de 2008 0 comentários

Arroz doce integral

Devo confessar que foi um bocado dificil para mim encontrar sobremesas que não levassem ovos, nem leite... enfim tudo aquilo que um vegan não come! Mas com um pouco de boa vontade tudo se faz... certo? E o que não me falta a mim é boa vontade... loool
Portanto, resolvi inventar! E daí saiu um arroz doce que, a meu vêr, e apesar de não ser grande fã de arroz integral, até não estava mal de todo! :)
Pelo menos, o meu amiguinho pareceu gostar e, no fundo, isso é que é importante! Certo?



Ingredientes:

0,5 kg de arroz integral
200 gr de açúcar
0,2 l de leite de soja
2 paus de canela
3 cascas de limão
50 gr de amêndoas picadas e torradas
1 pitada de sal
canela em pó q.b.
1l de água

Modo de preparação:

Leva-se ao lume um tacho com a água, uma pitada de sal, os paus de canela e as cascas de limão e deixa-se ferver. Junta-se o arroz e deixa-se cozer. Quando estiver quase cozido ao gosto, ( isto porque o arroz integral demora muito tempo a cozer) junta-se o açúcar e o leite e deixa -se ferver mais um pouco. Deita-se o preparado numa taça ou em várias taçinhas e deixa-se arrefecer um pouco. Enfeita-se com as amêndoas e polvilha-se com a canela.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Você diz, eu amo-te?

Há dias deparei-me com esta mensagem no meu hi5 e confesso que fiquei um pouco comovida! Por isso não posso deixar de a passar, esperando que todos (as) vós tenham a paciência de a lêr e de reflectir sobre ela!


( Foto retirada da net)

"Dois irmãozinhos brincavam em frente de casa, jogando bolinhas de gude. Quando Júlio, o menino mais novo, disse ao irmão Ricardo:
- Meu querido irmão, eu te amo muito e nunca quero me separar de você!
Ricardo, sem dar muita importância ao que Júlio disse, pergunta:
- O que deu em você moleque? Que conversa besta é essa de amar? Quer calar a boca e continuar jogando?
E os dois continuaram jogando a tarde inteira até anoitecer. À noite, o senhor Jacó, pai dos garotos, chegou do trabalho. Estava exausto e muito mal humorado, pois não havia conseguido fechar um negócio importante..
Ao entrar, Jacó olhou para Júlio, que sorriu para o pai e disse:
- Olá Papai, eu te amo muito e não quero nunca me separar do senhor!
Jacó, no auge de seu mau humor e stress, disse:
- Júlio estou exausto e nervoso. Então, por favor, não me venha com besteiras!
Com as palavras ásperas do pai, Júlio ficou magoado e foi chorar no cantinho do quarto. Dona Joana, mãe dos garotos, sentindo a falta do filho foi procurá-lo pela casa, até que o encontrou no cantinho do quarto com os olhinhos cheios de lágrimas. Dona Joana, espantada, começou a enxugar as lágrimas do filho. E perguntou:
- O que foi Júlio? Por que choras?
Júlio olhou para a mãe, com uma expressão triste e lhe disse:
- Mamãe, eu te amo muito e não quero nunca me separar da senhora! Dona Joana sorriu para o filho e lhe disse:
- Meu amado filho ficaremos sempre juntos!
Júlio sorriu, deu um beijo na mãe e foi deitar-se. No quarto do casal, ambos se preparando para se deitar, Dona Joana pergunta para seu marido Jacó:
- Jacó, o Júlio está muito estranho hoje, não acha?
Jacó, muito estressado com o trabalho, disse à esposa:
- Esse moleque só está querendo chamar a atenção... Deita e dorme mulher!
Então, todos se recolheram e todos dormiam sossegados. Às duas horas da manhã, Júlio se levanta e vai ao quarto de seu irmão Ricardo e fica observando-o dormir...
Ricardo, incomodado com a claridade, acorda e grita com Júlio:
- Seu louco! Apaga essa luz e me deixa dormir!
Júlio, em silêncio, obedeceu ao irmão, apagou a luz e se dirigiu ao quarto dos pais...
Chegando lá, acendeu a luz e ficou observando seu pai e sua mãe dormirem. O senhor Jacó acordou e perguntou ao filho:
- O que aconteceu Júlio?
Júlio, em silêncio, só balançou a cabeça em sinal negativo, respondendo ao pai que nada havia ocorrido. Daí o senhor Jacó, irritado, perguntou ao Júlio:
- Então, o que foi moleque?
Júlio continuou em silêncio. Jacó, já muito irritado, berrou com Júlio:
- Então vai dormir seu doente!
Júlio apagou a luz do quarto, dirigiu-se ao seu quarto e se deitou. Na manhã seguinte todos se levantaram cedo. O senhor Jacó iria trabalhar, a dona Joana levaria as crianças à escola. E Ricardo e Júlio... Mas Júlio não se levantou. Então, o senhor Jacó, que já estava muito irritado com Júlio, entra bufando no quarto do garoto e grita:
- Levanta seu moleque vagabundo!
Júlio nem se mexeu. Então, Jacó avança sobre o garoto e puxa com força o cobertor do menino com o braço direito levantado, pronto para lhe dar um tapa, quando percebe que Júlio estava com os olhos fechados, e que estava pálido. Jacó, assustado, colocou a mão sobre o rosto de Júlio e pôde notar que seu filho estava gelado. Desesperado, Jacó gritou, chamando a esposa e o filho Ricardo, para verem o que havia acontecido com Júlio...
Infelizmente o pior. Júlio estava morto e sem qualquer motivo aparente. Dona Joana, desesperada, abraçou o filho morto e não conseguia nem respirar de tanto chorar. Ricardo, desconsolado, segurou firme a mão do irmão e só tinha forças para chorar também. Jacó, em desespero, soluçando e com os olhos cheios de lágrimas, percebeu que havia um papelzinho dobrado nas pequenas mãos de Júlio. Jacó, então, pegou o pequeno pedaço de papel. E havia algo escrito com a letra de Júlio.
-"Outra noite Deus veio falar comigo através de um sonho. Disse a mim que, apesar de amar minha família e de ela me amar, teríamos que nos separar. Eu não queria isso, mas Deus me explicou que seria necessário. Não sei o que vai acontecer, mas estou com muito medo. Gostaria que ficasse claro apenas uma coisa:
- Ricardo, não se envergonhe de amar seu irmão.
- Mamãe, a senhora é a melhor mãe do mundo.
- Papai, o senhor de tanto trabalhar se esqueceu de viver.
- Eu amo todos vocês!!!!"

Quantas vezes não temos tempo para parar e amar, e receber o amor que nos é ofertado? Talvez quando acordarmos possa ser tarde demais... Mas ainda há tempo!"

Não se esqueçam nunca de mostrar ás pessoas que amam aquilo que sentem! Porque nunca se sabe se não será a última vez...
Pensem nisso... beijinhos!
Print Friendly and PDF
quinta-feira, 6 de novembro de 2008 0 comentários

Tarte de bolacha

Esta receita foi-me dada por um grande amigo meu já há muitos anos atrás. Desde então, cada vez que faço um jantar ou uma festa, seja o que fôr, ela está sempre presente. Ainda não conheci ninguém que não gostasse! É mesmo muito boa, aconselho-vos a experimentar...



Ingredientes:

4 pacotes de bolacha maria
10 gemas
350 gr de margarina vegetal
0,5 kg de açúcar louro
1 chávena grande de café forte

Modo de preparação:

Pica-se a bolacha (retirando-se um bocado para pôr por cima do bolo). Junta-se o açúcar, as gemas e a margarina à parte até a massa ficar mole. Por fim, mistura-se a bolacha e o café até a massa ficar consistente. Molha-se a fôrma onde se vai pôr a massa ( eu utilizo uma fôrma de fundo amovivel), deita-se a massa e aconchega-se bem. Vira-se a fôrma para um prato e retira-se. Enfeita-se o bolo com a restante bolacha picada.

Bom apetite! Print Friendly and PDF
0 comentários

Fondue de chocolate

Nada mais simples de fazer, e é sucesso garantido! Uma verdadeira delícia! Convém é ser preparado exactamente na altura em que vai ser devorado, para que a fruta não escureça!



Ingredientes:

Fruta da época (qualquer fruto serve) eu utilizei um abacaxi, maçãs e pêras
1 tablete de chocolate de leite
4 colheres de sopa de natas ou, caso prefiram, leite
A taçinha para o fondue e respectivos garfos, que já se encontram bem baratinhos nos hipermercados.

Modo de preparação:

Parta a tablete para dentro da taça do fondue e junte-lhe as natas. Leve a derreter ao microondas, mexendo de vez em quando, até derreter por completo. Acenda a velinha do fondue e coloque lá a taça. Corte e descasque a fruta que vai ultilizar e disponha-a num prato de servir. Depois é só pegar nos garfinhos e devorar.

Bom apetite! Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;